Blog

Rio antigo: nos anos 70, a Barra era uma Praia da Reserva

Este cenário, sem prédios, é a Barra da Tijuca na década de 70. Hoje, o grande temor é que a construção de um campo de golfe e um complexo hoteleiro na Praia da Reserva transforme e destrua uma área ainda preservada que é Zona de Conservação da Vida Silvestre (ZCVS) e APA (Área de Proteção Ambiental). O prefeito enviou projeto de lei à Câmara dos Vereadores que altera parâmetros ambientais e urbanísticos na área a fim de viabilizar também a construção de até 22 edifícios com 22 andares cada. O mandato é contra. Também não concorda com a construção de hotel do grupo Hyatt com quatro prédios de seis pavimentos e de outros dois condomínios residenciais de luxo com mais 80 apartamentos. Se tivesse sido preservada, a Barra da Tijuca não teria se tornado este emaranhado de arranha-céus. Será que vamos assistir ao mesmo processo especulativo e destruidor na Praia da Reserva?

Esta entrada foi publicada em Blog. Adicione o link permanente aos seus favoritos.

Uma resposta a Rio antigo: nos anos 70, a Barra era uma Praia da Reserva

  1. Pingback: Hora de festejar! | Eliomar Coelho - PSOL - O vereador do Rio

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

*

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>