Notícias

A concessionária é que tem que pagar a Estação Gávea do Metrô

Foram R$ 3 bilhões de superfaturamento da Linha 4 do metrô, fora as propinas já confessadas.  Uma obra que, orçada em cerca de R$ 1 bilhão, custou quase R$ 11 bilhões. Um absurdo! A população do Rio de Janeiro não pode pagar a conta da Estação Gávea do Metrô!

Esta notícia está no Facebook do Eliomar

 

 

 

 

 

 

 

A Linha 4 do metrô é um dos maiores escândalos do “legado olímpico” no Rio. Orçada inicialmente em cerca de R$ 1 bilhão, a obra custou mais de R$ 10 bilhões, teve R$ 3 bilhões de superfaturamento, além de diversas confissões de pagamento de propina, e foi entregue incompleta, sem a Estação Gávea. Suspensa pela Justiça em 2015, o governo do estado, pressionado, ameaçou aterrar o local, alegando não ter dinheiro para terminar a obra. Sabemos que o estado está quebrado, mas chama atenção nesse caso exatamente o fato de que, em nenhuma das ideias apresentadas para solucionar esse impasse, se fala em cobrar da concessionária que ela termine a obra. A mesma concessionária que investiu na obra cerca de 10%, descumprindo a cláusula contratual que previa maior participação do ente privado, superfaturou a obra em R$ 3 bilhões e continua lucrando com a exploração da tarifa.

Aqui você pode assistir a fala de Eliomar no Plenário

 

 

Esta entrada foi publicada em Notícias, Transportes. Adicione o link permanente aos seus favoritos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

*

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>