Notícias

A hora da verdade

“Quem não anda nas ruas não tem a oportunidade de ouvir o clamor, de ouvir o que dizem os servidores do Rio de Janeiro, de forma muito clara, sobre suas dificuldades”, alertou Eliomar na sessão extraordinária (17/11) que acabou, pouco depois, livrando a cara da cúpula do PMDB na Alerj.

“Não é questão de ter medo da opinião pública, mas sim de ouvir e sentir o que a opinião pública está passando. E está passando miséria, passando fome!”, advertiu  Eliomar.

Pouco depois, por 39 votos a 19 (uma abstenção e 11 deputados ausentes), a Alerj decidiu salvar os três acusados : o presidente da Alerj e do PMDB-RJ, Jorge Picciani; o líder do governo na Casa, Edson Albertassi; e Paulo Melo, ex-presidente. Os três estavam presos na Operação Cadeia Velha, da Lava-Jato no Rio, acusados de receber propina da Fetranspor, e foram soltos logo depois da votação da Alerj.

Assista a Eliomar no Plenário

E aqui você pode assistir trecho da entrevista do ministro do STF Luiz Fuz À BBC Brasil

Esta entrada foi publicada em Notícias. Adicione o link permanente aos seus favoritos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

*

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>