Blog

A Saúde de bandeja para a iniciativa privada

Todos sabem das diversas denúncias de corrupção envolvendo a secretaria de saúde do governo do estado do Rio de Janeiro, diretamente com o secretário Sergio Cortes. Agora o governo Sergio Cabral decide entregar de vez a saúde pública para a iniciativa privada, é o famigerado projeto das Organizações Sociais (OSs).

Essa foi a primeira grande derrota do governo Cabral no início do governo anterior, agora eles se preparam para derrotar os servidores e a oposição.

As OSs representam o repasse do dinheiro público da saúde para o gerenciamento privado, transformando um setor estratégico em grande balcão de negócios. O que está em jogo é a vida de muitos cariocas e fluminenses.

Nas OSs a compra dos materiais deixa de ter a obrigação das licitações, o que facilita o caminho para a corrupção. Outro ponto que também fragiliza o controle público sobre a saúde é a não participação do usuário na gestão das OSs.

De acordo com o Tribunal de Contas de São Paulo, a situação das OSs é totalmente irregular, pois terceirizam o atendimento. Lá, 25% dos leitos passaram a ser destinados dos hospitais públicos para os planos de saúde.

É fato que mesmo recebendo mais recursos do que as unidades de saúde pública, as OSs não garantem melhor atendimento ao público.

Não podemos aceitar que o governo do Estado faça negócio com a saúdedo povo do Rio de Janeiro.

O PSOL defende a saúde pública de qualidade para todos.

Veja o panfleto PSOL DENUNCIA que também rechaça mensagem do prefeito que quer garfar a aposentadoria do servidor.

Esta entrada foi publicada em Blog e marcada com a tag , , . Adicione o link permanente aos seus favoritos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

*

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>