Notícias

Acompanhe a votação do plano e a mobilização fora do Legislativo

Veja a sessão na Câmara e o que acontece do lado de fora. Os professores foram impedidos de entrar na sessão que vota o Plano de Cargos e Salários da categoria. Foram distribuídas apenas 51 senhas correspondente ao número de vereadores. Os poucos parlamentares contrários ao Plano (que foi rejeitado pela categoria), criticam a falta de diálogo e as emendas preparadas pelo presidente da Comissão de Educação, Paulo Messina. As emendas não também contemplam o professores. Um grupo continua acampado do lado de fora, na Rua Alcindo Guanabara. A Câmara está vivendo um momento antidemocrático e perigoso, afirmam os parlamentares que votam contra o Plano. A professora da rede municipal Neide Aparecida Silva, que estava apenas observando a movimentação, foi atingida por uma bomba. O prédio do Legislativo foi cercado por grades e policiais estão reprimindo os grevistas com bombas de gás lacrimogênio e bombas de efeito moral.

- Eu nem estava tão próxima da confusão. Só estava olhando de longe quando a polícia começou a agredir um rapaz e jogou uma bomba. Na correria, fui ferida. A bomba deve ter batido em mim – disse a professora, que dá aula em uma escola de Guaratiba, na Zona Oeste da cidade.

A sessão na TV Câmara

A mobilização

Esta entrada foi publicada em Notícias. Adicione o link permanente aos seus favoritos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

*

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>