Blog

Afinal de contas, é crise ou estratégia para impor a ideologia?

“Há um viés ideológico muito forte na destruição do Estado do Rio de Janeiro. Os serviços prestados pela UERJ, por exemplo, eram todos de excelência e referência para todo o mundo”, disse Eliomar durante audiência pública da Comissão de Educação da Alerj que se reuniu nesta quinta-feira (19/4) e debateu a crise enfrentada pelas universidades estaduais: UERJ, UENF e UEZO.

“O pensamento crítico e a inclusão, fatores essenciais para a mudança da realidade e o desenvolvimento de um país, são fatores primordiais nas Universidades Públicas Estaduais (UERJ, UENF e UEZO)”, ressaltou Eliomar, que questionou a legitimidade dos atuais governantes tanto no nível federal quanto no estadual.

“E isso, esses governantes que estão aí, sem legitimidade nenhuma, não perdoam!”

“Qual a legitimidade que tem o senhor Michel Temer? E Henrique Meirelles? E Pezão, que só sabe passar a mão no dinheiro que não é dele e deixar o povo do jeito que está.”

Assista a fala de Eliomar durante audiência da Comissão de Educação da Alerj

Esta entrada foi publicada em Blog. Adicione o link permanente aos seus favoritos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

*

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>