Notícias

Agora é lei: renda mínima para economia popular solidária e trabalhadores da Cultura

Prover renda mínima emergencial a empreendedores da economia popular solidária e da cultura em meio à crise que atravessamos é fundamental. Os trabalhadores autônomos e que vivem da cultura no estado são especialmente prejudicados neste momento. O último projeto aprovado na semana passada na Alerj, do qual Eliomar  é coautor e que virou lei esta semana, autoriza o Governo do Estado a prover uma renda emergencial no valor de 50% do salário mínimo vigente a esses trabalhadores. Seguiremos debatendo e propondo medidas que atenuem ao máximo os impactos da crise sobre a população fluminense e garantam seus direitos fundamentais em meio à pandemia.

#COVIDー19
#covid19brasil #Coronavid19 #coronavirusnobrasil #Coronavírus #Corona #coronavirus #Alerj #ficaemcasa #quarentena #RioDeJaneiro

#COVIDー19
#covid19brasil #Coronavid19 #coronavirusnobrasil #Coronavírus #Corona #coronavirus #Alerj #ficaemcasa #quarentena #RioDeJaneiro

Esta notícia está também no Facebook do Eliomar

Esta entrada foi publicada em Cultura, Notícias. Adicione o link permanente aos seus favoritos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

*

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>