Rio - 2 de setembro de 2015

Alerj aprova privataria ambiental

Os deputados estaduais aprovaram, com 42 votos, o PL 718/2015, do governador Pezão, que visa financiar a construção de Parcerias Público-Privadas (PPPs) dentro de unidades de conservação ambiental.

A bancada do PSOL votou contra o projeto e ainda fez destaque de três emendas, que, infelizmente, foram rejeitadas pelos deputados da base do governo. Para o secretário André Corrêa, as nossas emendas eram de cunho ideológico, por isso não poderiam ser aceitas no projeto. A nossa ideologia é preservar o meio ambiente com responsabilidade, diferentemente do governador Pezão e dos deputados da base do governo, inclusive do PT, famosos por, em outros tempos, defenderem o meio ambiente e as comunidades tradicionais.

Neste vídeo, nosso mandato defende a emenda 15. Ela diz que a gestão deveria ser feita pelo órgão ambiental competente, e exige total transparência. A ampla maioria dos deputados rejeitou todas as nossas emendas, inclusive uma que garantia direitos às comunidades tradicionais.

Por uma Martins Pena Pública e de Qualidade

Foto Cicero Rodrigues

Nosso mandato tem acompanhado a grave crise política, institucional, física, administrativa e financeira, por que passa a Escola de Teatro Martins Pena, consequência de anos de sucateamento.

Após reuniões, visita técnica e audiências públicas, conseguimos aprovar, a partir de uma proposição nossa, no âmbito da Comissão de Cultura da Alerj, um Grupo de Trabalho (GT) que objetiva não só definir uma “Política de Estado” para a recuperação da escola, mas, e principalmente, um projeto que resgate a excelência do trabalho desenvolvida por mestres e professores em seus quase dois (2) séculos de existência.

O GT, instituído ontem (31/1), contará com a participação de membros das Comissões de Cultura, Educação, e Ciência e Tecnologia da Alerj, do Ministério da Educação, e das Secretarias Estaduais de Cultura, Educação, Ciência e Tecnologia, da FAETEC e ainda, membros da comunidade escolar: professores, alunos e funcionários. Leia mais

Nesta quinta-feira (03/09), acontece, na Zona Sul, a segunda plenária municipal de discussão de teses e eleição de delegados para os Congressos Estadual e Municipal do Partido. Será no Clube ASA, que fica na Rua São Clemente 155, primeiro andar, fundos, em Botafogo.

A primeira plenária foi realizada no último domingo (30/08), em Cascadura. Depois da Zona Sul, teremos as plenárias Grande Tijuca, Zona Oeste e Centro.

Para votar, cada filiado ao partido pode escolher apenas uma das cinco plenárias. Você que se filiou ao PSOL até abril de 2015 está apto a votar e ser votado nas discussões dos rumos e direções do nosso partido.

O nosso mandato, Chico Alencar, Marcelo Freixo, vereador Paulo Pinheiro, Milton Temer e centenas de outros militantes, defendemos a Tese Nacional “PSOL Cada Vez Mais Necessário”.

Para mais informações sobre as plenárias do PSOL, como, por exemplo, saber se você está ou não apto a votar, ou conhecer as teses inscritas, basta enviar e-mail eliomarcoelhorj@gmail.com

Dia: 03/09 – quinta-feira
Hora: 19h às 22h
Local: Clube ASA. Rua São Clemente 155, Primeiro andar – FUNDOS. Fica a 150 metros da Estação do Metrô Botafogo – Saída São Clemente.

RIO ANTIGO

Copacabana chegou a ter 19 cinemas de rua, mas não resistiu à especulação imobiliária, que privou de lazer e cultura não só seus moradores, como aqueles que, vindos de outros lugares, frequentavam suas salas de projeção e depois aproveitavam para dar um passeio pelo calçadão da praia. Resistem bravamente Roxy e Cine Joia.  Viaje no tempo