Notícias

As irregularidades de Pezão, número 2

A segunda irregularidade apontada pelo TCE para reprovar as contas de Pezão se refere ao fato de o governador não repor o dinheiro obrigatório que não foi investido em 2016 na área da Saúde Pública.

O TCE pediu que o que não foi investido ano passado, fosse compensado em 2017.

E o que o governador fez? Não só não compensou o de 2016, como investiu menos ainda em 2017.

É um crime duplo contra a saúde pública.

Você também pode ler esta notícia no Facebook do Eliomar.

https://www.facebook.com/eliomarcoelho/photos/a.458709430830745.92883.442179582483730/1692925414075801/?type=3&theater

Esta entrada foi publicada em Notícias. Adicione o link permanente aos seus favoritos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

*

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>