Blog

Para nós, servidor é prioridade; para governo Pezão, não!

Depois de muitas dificuldades, foi votado na sessão desta quarta-feira (25/4) o veto de Pezão à nossa emenda que garantia prioridade para o pagamento dos servidores, além de proibir o parcelamento dos salários.

Infelizmente não tivemos os 36 votos suficientes para derrubar o veto. Muitos deputados fugiram da votação, e, apesar de termos vencido por 31 a 8 – com uma abstenção do Deputado Andre Ceciliano (PT) -, os servidores vão continuar sem a garantia de ter seus salários priorizados no orçamento e poderão ter seus salários novamente parcelados.

Já não basta estar 4 anos sem reajuste inflacionário, ter ficado meses sem receber e todo o sucateamento do serviço público?!

Para assistir a Eliomar no plenário, basta clicar em cima da imagem.

LISTA DE VOTAÇÃO DA EMENDA DO SALÁRIO DOS SERVIDORES

Servidores do Rio de Janeiro, segue a lista que vocês pediram sobre quais deputados votaram contra e quais se ausentaram na votação da nossa emenda que garantiria a prioridade no orçamento e proibia o parcelamento dos salários.

Apenas oito deputados votaram contra. Outros 24 não compareceram, ou saíram do Plenário na hora da votação;

Três estão presos e, obviamente, impedidos de comparecer; outros três, licenciados do mandato;

Trinta e um deputados votaram a favor, mas o número mínimo de votos para derrubar o veto era de 36.

 

Esta entrada foi publicada em Blog. Adicione o link permanente aos seus favoritos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

*

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>