Rio - 15 de dezembro de 2010

Com renovadas esperanças

Companheiros (as),

Chegamos ao fim de mais um ano. Um ano de altos e baixos, que nem sempre nos deu motivo para acreditar que o ano que vem será melhor. A aprovação do Plano Diretor dá bem a medida do quero dizer: um processo que não contou com participação popular, que desprezou o Estatuto das Cidades, desmantelou os projetos de estruturação urbana, ignorou o papel social da cidade. Por conta disto, não tivemos outra opção a não ser votar contra o projeto final apresentado ao plenário da Câmara.

Da mesma maneira, é desalentador a forma com que os projetos apresentados pelo Poder Executivo são encaminhados e aprovados na Câmara. Com maioria esmagadora, estabelecida por meio de acordos de bastidores, o prefeito aprova o que quer, sem qualquer discussão mais aprofundada que leve em conta os interesses da população carioca.

Mas nem tudo, no entanto, foi motivo para desânimo. As eleições mostraram que o nosso partido se tornou definitivamente uma referência no Estado. As votações de Chico Alencar para deputado federal, Marcelo Freixo para estadual, como campeões de votos, e ainda a eleição de Jean Wyllys para a Câmara Federal e Janira Rocha para a Assembléia Legislativa são uma demonstração de vigor e de reconhecimento da política do PSOL.

Portanto, é com esperança renovada que aguardamos a chegada de 2011. Ano que vem continuaremos a exercer de maneira constante e atenta a fiscalização dos atos do prefeito, com atenção especial para projetos relacionados à Copa do Mundo e às Olimpíadas.

Um feliz ano novo para todos!