Notícias

Comissão discute saneamento básico

A Região Metropolitana não pode apresentar um plano que não seja precedido da realização de planos diretores de cada um de seus 22 municípios, disse Eliomar na sua fala na Comissão da Região Metropolitana da Alerj que discutiu projetos prioritários para a Região na área de saneamento básico, realizada na Alerj nesta segunda-feira (6/5).

Somente com os planos diretores dos municípios, realizados de forma mais detalhada e próxima de quem vive os problemas, é que se reúnem condições de desenvolver um plano para a Região Metropolitana como um todo. Mas sequer contamos com representantes desses 22 municípios nas audiências, para debater esse planejamento, que deve se basear exatamente nos planos diretores e no que eles apontam como soluções para cada área.

Precisamos de um parecer técnico sobre todas as áreas de risco nos 22 municípios que compõem a Região Metropolitana do Rio, para que as populações sejam reassentadas em locais onde não estejam em risco e, ao mesmo tempo, permaneçam próximas às áreas onde vivem e construíram suas vidas e o plano de suas relações sociais e profissionais.

Nenhum representante do Comitê Executivo da Câmara Metropolitana compareceu à audiência, na qual fomos ainda surpreendidos com a notícia da exoneração do superintendente do órgão e especialista na área de saneamento, que foi quem elaborou o plano debatido pela Comissão.

 

 

 

 

 

 

 

Esta notícia também está no Facebook do Eliomar

Esta entrada foi publicada em Notícias. Adicione o link permanente aos seus favoritos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

*

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>