Notícias

Pré-candidatos do PSOL ao governo analisam conjuntura

Um momento fértil para defender as bandeiras da esquerda e trabalhar a ampliação do PSOL a nível estadual. Esta foi uma das conclusões do debate entre os pré-candidatos do PSOL ao governo do Estado, o geógrafo Jorge Luis Borges e o professor Tarcísio Motta, sobre o processo eleitoral de 2014. O encontro foi realizado ontem (07/04) no Salão Nobre da Câmara Rio e serviu para traçar um panorama da situação do estado.

Jorge Luis Borges, pré-candidato que integra o coletivo Ecossocialista Libertário, apontou três colapsos que atingem o estado, o da segurança pública, o da mobilidade urbana e o colapso sanitário – três eixos centrais no programa de governo, além da educação e da saúde.

“Concordo com a chave de análise dos três colapsos apresentada pela Ecossol. Acredito que qualquer que seja o candidato, o partido estará bem representado. Precisamos discutir o papel do PSOL no processo eleitoral. É possível com uma estrutura frágil fazer a Primavera Fluminense? Acredito que sim”, disse Tarcísio Motta.

Para Jorge Luis Borges, o debate possibilita entrar de forma mais amadurecida na discussão do programa de governo.

“O PSOL deve fazer a diferenciação e trazer as discussões da esquerda nos debates e na imprensa”, afirmou o geógrafo, assinalando que “o estado democrático é um farsa e o estado de exceção se disseminou como técnica de governo”.

Jorge Luis Borges é geógrafo formado na UFRJ, com especialização em Planejamento e Uso do Solo (IPPUR/UFRJ) e MSc em Planejamento de Transportes pela COPPE. Tarcísio Motta é professor de História formado pela UFF, leciona no Colégio Pedro II e por muitos anos foi da rede municipal de Caxias.

Esta entrada foi publicada em Notícias. Adicione o link permanente aos seus favoritos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

*

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>