Notícias

Dia Internacional da Mulher

Neste Dia Internacional da Mulher (8/3), nós, mulheres que fazemos parte do mandato do deputado estadual Eliomar Coelho, ocupamos as redes sociais para desejar liberdade a todas as mulheres.

Que sejamos livres, que permaneçamos vivas, que possamos seguir por onde quisermos, vestidas como quisermos e falando o que nos vier à mente. Que sejamos reconhecidas, ouvidas, acolhidas, respeitadas e amadas.

Este é um 8 de março diferente dos outros que passaram. Os impactos da pandemia na vida das mulheres têm evidenciado ainda mais as desigualdades de gênero. Elas foram as que ficaram mais sobrecarregadas com trabalho remoto e trabalho doméstico, as que mais perderam renda e postos de trabalho.

Segundo pesquisa realizada em 17 países pelo grupo Women Deliver, com sede em Nova York, e a Focus 2030, uma organização francesa de pesquisa, sete em cada dez trabalhadores da linha de frente da covid são mulheres. Apesar de serem maioria na linha de frente, não são maioria quando se trata de tomar decisões.

Na política essa realidade não é diferente. A representatividade feminina ainda é muito aquém do que deveria. Apesar de as mulheres serem 52% do eleitorado brasileiro, elas ainda são minoria nos cargos públicos. Apenas 11,8% das cidades brasileiras são comandadas por mulheres, no Congresso Nacional somente 15% são deputadas e, na Alerj, onde atuamos, dos 70 deputados, só 13 são mulheres.

Gostaríamos que a paridade de gênero nos cargos eletivos fosse uma regra, mas ainda está longe de se tornar uma realidade no Brasil. Nosso país ocupa atualmente o 140º lugar no ranking de representação feminina em cargos públicos eletivos em uma classificação que abrange 193 países, por isso, o 8 de março é pra lembrar que ainda temos muita luta pela frente.

Outra triste realidade que a pandemia trouxe para a vida das mulheres foi o aumento no número de casos de feminicídio. Uma mulher é assassinada por um homem a cada sete horas. O Brasil registrou 649 feminicídios durante a primeira metade de 2020, de acordo com o Fórum Brasileiro de Segurança Pública — uma alta de 2% em relação ao mesmo período de 2019.

Infelizmente, mulheres ainda são caladas, ameaçadas e assassinadas pelo machismo. Há de se lutar contra qualquer tipo de opressão imposta a nós mulheres.

Nos orgulhamos de fazer parte do mandato do deputado estadual Eliomar Coelho, que preza pelo respeito, igualdade e liberdade para todas as mulheres.

 #8MPelaVidaDasMulheres

Esta postagem está também no Facebook do Eliomar

Esta entrada foi publicada em cidadania, Cidade, Cultura, Direitos Humanos, Educação, Notícias, Politica, Política Nacional, Saneamento, Saúde, Servidores. Adicione o link permanente aos seus favoritos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

*

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>