Notícias

Educação não pode ser negócio

O programa “Future-se”, que o governo apresenta como uma forma de modernizar e criar novos mecanismos para mudar a gestão financeira das universidades federais brasileiras, é um programa de negócios, não de educação.

As professoras Eblin Farage e Raquel Dias, do ANDES-SN, falam sobre as mudanças nas universidades propostas pelo ministro da Educação.

Para assistir, basta clicar aqui

Esta notícia está no Facebook do Eliomar

Esta entrada foi publicada em Educação, Notícias. Adicione o link permanente aos seus favoritos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

*

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>