Notícias

Eliomar exige respostas sobre fraudes em contratos da prefeitura

O vereador Eliomar vai provocar o Ministério Público e pedir uma inspeção extraordinária ao Tribunal de Contas do Município nos contratos entre a prefeitura e as empresas flagradas, em reportagem da TV Globo, pagando propinas repórter que se apresentou como gestor de hospital federal. O parlamentar encaminhou requerimentos de informações à secretaria municipal de Saúde, à secretária Especial de Ordem Pública e à Fundação Rio Zoo pedindo esclarecimento sobre fraudes relacionadas no processo de contratação de empresas no âmbito federal que também mantém contratos com a prefeitura.

As quatro empresas que ofereceram propina para ganhar contratos com um hospital da UFRJ receberam, no total, R$ 177,5 milhões da União, estado e município. Os contratos foram cancelados pelo Ministério da Saúde, pelo governo estadual e prefeitura do Rio após a veiculação das denúncias na TV. As empresas denunciadas são Locanty Soluções, Toesa Service, Bella Vista Refeições industriais e Rufolo Serviços Técnicos e Construções.

O mandato verificou, no Sistema de Finanças e Contabilidade do Município, que os contratos com a Locanty – que realiza serviços de reboque – continuam ativos embore a prefeitura afirme que foram cancelados.

O requerimento encaminhado à secretaria de Saúde pelo mandato solicita cópias do contrato firmado com a empresa Toesa, que já havia sido considerada inidônea.

O requerimento encaminhado à SEOP questiona porque não foi suspenso o contrato com a Locanty uma vez que a prefeitura, em julho do ano passado, havia se comprometido publicamente a cancelar a prestação de serviços por parte da empresa.

Em outro requerimento, encaminhado à Fundação Rio Zoo, o mandato solicita esclarecimentos sobre contrato firmado também com a Locanty. No requerimento, questiona o porquê de dispensa de licitação em outro contrato firmado entre prefeitura e Trade Building Engenharia e Serviços Ltda.

Esta entrada foi publicada em Notícias e marcada com a tag , , , . Adicione o link permanente aos seus favoritos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

*

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>