Notícias

Eliomar questiona inglês privado na rede pública municipal

Por que a prefeitura fechou contrato no valor de R$ 18.038.977 com a Leaning Factory (Cultura Inglesa) para treinamento de professores e fornecimento de livros didáticos de inglês para escolas do Munícipio? Esta é uma das perguntas do Requerimento de Informações enviado, ao prefeito, pelos parlamentares do PSOL Eliomar Coelho, Paulo Pinheiro e Renato Cinco.

Os vereadores destacam que os alunos já recebem material do Programa Nacional do Livro Didático, do Ministério da Educação. E questionam a justificativa de inexigibilidade de licitação uma vez que a Cultura Inglesa não é a única empresa no ramo (e nem a mais barata).

Enquanto valoriza a língua inglesa, curiosamente, a secretaria está remanejando professores de espanhol para outras atividades. A denúncia chegou ao Mandato Eliomar Coelho que já encaminhou extenso Requerimento de Informações sobre a atuação dos professores de inglês e de espanhol na rede.

A APEERJ- Associação dos Professores de Espanhol do Rio de Janeiro expressou em carta a indignação provocada pelo desvio de função de professores de espanhol que “estão em vias de trabalhar com turmas de reforço de língua portuguesa”. A entidade aponta a contradição da realização, por parte da prefeitura, de concurso de 100 vagas para professor de espanhol. Em manifesto divulgado na Internet, a APEERJ lembra que a lei nº 2447/1995 tornou obrigatório, nas escolas públicas de ensino fundamental e médio do estado, o ensino do espanhol. A lei nº 2.939/1999 reforçou a obrigatoriedade na rede básica do município.

“O ensino de espanhol na Rede Municipal do Rio de Janeiro tem sofrido uma grande restrição imposta pela Secretaria de Educação (SME-Rio), que vem favorecendo exclusivamente, após a criação do programa Rio Criança Global, em 2009, o ensino da Língua Inglesa, em convênio com a Cultura Inglesa, inclusive para fornecimento de material didático não licitado e não avaliado por especialistas. Sem desconsiderar a importância do ensino de inglês, embora a sua entrega nas mãos de uma empresa alheia ao sistema educativo brasileiro nos cause espécie, ratificamos a relevância do plurilinguismo na formação crítico-reflexiva e a sua imprescindível contribuição no letramento do alunado”, afirma o manifesto.

Esta entrada foi publicada em Notícias. Adicione o link permanente aos seus favoritos.

8 respostas a Eliomar questiona inglês privado na rede pública municipal

  1. Marcela disse:

    Eliomar, a Cultura Inglesa já fez muito feio há alguns atrás demitindo seus professores com 20, 30 anos de casa, conhecimento da língua inglesa e dedicação aos alunos sem igual, para contratar novos pela metade do salário, cortando benefícios. O Ibeu fez a mesma coisa, e os professores foram obrigados e migrar de um curso pro outro ganhando muito menos que ganhavam.

    • Eliomar Coelho disse:

      Marcela,

      Estamos trabalhando junto à Secretaria Municipal de Educação para averiguar o que considero um escândalo. E a situação dos professores de espanhol será tema de uma reunião que pretendemos marcar com Claudia Costin. Mas a secretária ainda não confirmou a agenda.

      Abraços

      • Marcia Caetano disse:

        Prezados, nós, professores de Espanhol da rede municipal desta cidade, estamos sendo desrespeitados em todos os sentidos. Sou profissional da SME desde 2001. ESCOLHI, trabalhar na Maré, por identificação e por ideologia, não me faltaram outras opções, porém estar ali para mim é resgatar minha história de aluna formada em escola pública. Hoje me vejo na situação de ser transferida de uma unidade com a qual me identifico totalmente e que é a razão do meu trabalho por simples capricho de nosso governo. Quem irá me proteger? Quem irá colocar nossa secretária de volta à sua razão? Pedimos socorro aos vereadores que acreditamos lutarem a favor de nossa causa.

        • Eliomar Coelho disse:

          Como disse ao Renato, Marcia, estamos tentando reverter esta situação encaminhando a denúncia e o pleito diretamente a Sr. Costin.

          Abraços fraternos,

          Eliomar

          • Marcia Caetano disse:

            Agradeço, Eliomar, seu apoio e sua dedicação à nossa causa. Tenho fé e esperança que ela possa nos ouvir. Abraço e sempre a seu dispor,
            Marcia Caetano

          • Eliomar Coelho disse:

            Estamos juntos nesta luta, Marcia!

            Abraços fraternos,
            Eliomar

  2. Renato Vazquez disse:

    Eliomar, sou o atual presidente da APEERJ. Obrigado por se interessar pela nossa luta e se precisar de mais informações para ter base em suas reivindicações, pode nos contactar.

    Saludos!
    Renato

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

*

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>