Notícias

“Eliomar: “um apaixonado pelo Rio e pelo seu ofício”. Discurso de Andreia Gouveia Vieira na homenagem ao parlamentar

Discurso da vereadora Andreia Goveia Vieira na entrega da Medalha Pedro Ernesto a Eliomar

“Na verdade, eu estou quebrando o protocolo da nossa Casa, da nossa Sessão, mas acho que é por uma causa justa. Eu concedi a Medalha Pedro Ernesto, e todos vocês aprovaram, acho que há dois anos, ou ano passado, ao nobre colega Vereador Eliomar Coelho. Não tive oportunidade, de lá para cá, de fazer a entrega da Medalha.

Hoje, tenho certeza, com o apoio de todos vocês, posso prestar essa homenagem, porque não estarei aqui no ano que vem. E quero muito rapidamente ler algumas poucas palavras aqui para o Vereador Eliomar.

Primeiro quero lembrar que ficará sempre na minha memória a forma delicada e educada como o nosso Vereador se dirige a todos que estão aqui na Casa, cada vez que S.Exa. se levanta para ir ao microfone: já é tradição a fala :”Srs. Vereadores presentes, funcionários, Imprensa, companheiros e companheiras que ocupam as dependências das galerias.”

Eliomar Coelho, paraibano, engenheiro de formação, nasceu em 18 de abril de 1941 – um garotão. Está no sétimo mandato como Vereador, e é dispensável listar suas inúmeras propostas e contribuições ao longo de todos esses anos em busca de uma cidade mais justa e de uma cidade melhor para se viver. O Eliomar é a exceção – e confirma a minha regra – de que se deve ter apenas uma reeleição para um cargo, seja lá no Executivo ou no Legislativo, porque ele, apesar de estar no sétimo mandato, não desistiu. Ele participa, ele briga. Ele não arrefeceu um milímetro naquela sua disposição; na disposição daquele jovem que ajudou a fazer a Lei Orgânica desse Município. Em 1988 ele já aqui se encontrava. Uma lei que, infelizmente, ao longo dos anos, viu nem sempre ser cumprida e respeitada.

Um apaixonado pelo Rio e pelo seu ofício. Suas falas da tribuna da Câmara ou em cima de um caixote no Buraco do Lume espelham toda essa emoção e, convergindo ou não com a idéia, com a linha ideológica, nós colegas reverenciamos a sua postura ética, a sua inteligência e o conhecimento profundo sobre os problemas da cidade.

Eliomar engrandece esta Casa. Ao longo desses últimos anos foi um privilégio conviver, aprender com ele e dele divergir se preciso fosse. Quando, por exemplo, uma questão urbanística era discutida nessa Casa, eu sempre procurei ouvir a opinião dele antes de decidir o voto.

Aliás, isso foi o que o Eliomar sempre cobrou dessa Casa, que é necessário ouvir os argumentos da outra parte, dos colegas, antes de se decidir, pois o exercício da argumentação é a mais importante prática de um parlamentar.

Portanto, ao encerrar o meu mandato no próximo dia 31, vou bem mais tranqüila para casa sabendo que o Eliomar aqui ficará.

Portanto, meu querido amigo, receba essa Comenda, a mais importante desta Cidade, a Medalha Pedro Ernesto.

E eu tenho muito orgulho de estar fazendo nesse momento esta homenagem.”

Esta entrada foi publicada em Notícias. Adicione o link permanente aos seus favoritos.

4 respostas a “Eliomar: “um apaixonado pelo Rio e pelo seu ofício”. Discurso de Andreia Gouveia Vieira na homenagem ao parlamentar

  1. Pingback: 2012: um ano de trabalho e vitórias | Eliomar Coelho - PSOL - O vereador do Rio

  2. Maria Inês Duque Estrada disse:

    Fico muito feliz ao ver unidas nesta homenagem duas pessoas a quem prezo tanto: Andréa Gouveia Vieira e Eliomar Coelho. Ela, minha antiga colega na Editoria de Política Internacional do Jornal do Brasil, com quem mantive através dos anos fortes laços de amizade e cujo desempenho como vereadora sempre aplaudi, e Eliomar Coelho, a quem tenho a satisfação de dar meu voto, por sua postura ética e sua coerência ideológuica, sempre voltada para os interesses da cidade e do cidadão. Só me entristeceu o fato de não ter sabido da realização da cerimônia antes, para poder estar presente e abraçar os dois pessoalmente. Meu abraço vai junto com esta mensagem.

    • Eliomar Coelho disse:

      Cara Maria Inês,

      Muito obrigado pelo seu comentário. Você não foi a única que não soube da homenagem. Foi uma surpresa para mim, que, de fato, me deixou muito emocionado. O sigilo foi tanto que só estavam no plenário familiares próximos e meus combativos assessores! Fiquei muito grato à companheira Andrea pela surpresa!

      Abraços fraternos,
      Eliomar

  3. Fico feliz em ver unidas nesta homenagem duas pessaos a quem tanto estimo e admiro: Andréa Gouveia Vieira, ex-colega da Editoria de Política Internacional do Jornal do Brasil e amiga há mais de 30 anos, cujo desempenho como vereadora sempre aplaudi; e Eliomar Coelho, por sua postura ética e coerência ideológica, sempre em defesa da cidade e do cidadão, em quem sempre votei com satisfação. Só lamento não ter sabido com antecedência da homenagem para poder abraçar os dois pessoalmente. Meu abraço vai com esta mensagem.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

*

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>