Embolsando o troco

Mais uma prova do poder dos empresários de transportes no estado do Rio. O crédito que sobra dos cartões RioCard dos usuários é cancelado após um ano e esse dinheiro é embolsado pelas empresas! Nos últimos cinco anos, a apropriação indevida chega a R$ 90 milhões, nas linhas intermunicipais, de acordo com auditoria do Tribunal de Contas do Estrado (TCE). O levantamento apontou ainda que o número de passageiros é 19 vezes maior que o informado.

Isso sem contar os quase 2 bilhões de reais que o estado repassa de subsídio pelo Bilhete Único para os empresários.

E o que diz o secretário de transportes sobre isso? Que não tem opinião formada. Já para criminalizar o cidadão e dizer que a fraude do sistema é dos usuários, ele apela logo para a biometria facial, uma ferramenta cara e ineficiente.

Esta entrada foi publicada em Transportes. Adicione o link permanente aos seus favoritos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

*

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>