Blog

Enquete

Esta entrada foi publicada em Blog, Enquete e marcada com a tag . Adicione o link permanente aos seus favoritos.

Uma resposta a Enquete

  1. Fatima disse:

    Penso que o mandato e o PSOL deveria estar encampando a campanha pró cotas na UFRJ, somando esforços com esses professores da UFRJ que subscrevem a carta anexa! ou, assumir claramente alguma posição.

    Seria muito melhor do que realizar uma enquete que sempre limita as possibilidades e induz resultados. Ou a posição do mandato vai depender da opinião expressa nesse Blog através da enquete?

    Na UERJ existe o sistema de cotas e os resultados são muito positivos. A UFRJ é a única a não aderir!

    Sou totalmente favorável!!!!
    Saudações socialistas
    Fátima

    Subject: Campanha pró-COTAS NA UFRJ

    Prezados colegas, professores da UFRJ,

    Contatamos anteriormente alguns de vocês para relatar que Marcelo Paixão, prof. do Instituto de Economia com assento no Conselho Universitário, apresentou recentemente uma proposta ao CONSUNI de
    implementação de um sistema de cotas já no vestibular de 2010 da UFRJ, única universidade federal ainda sem tomar qualquer medida nesse sentido.

    Em tom distante do entusiástico, o próprio CONSUNI já deliberou por colocar em votação proximamente esta proposta. Sem data prevista, segundo o prof. Paixão, a votação incidirá sobre a aplicação ou não
    das cotas, sem especificação de critérios, podendo ocorrer em qualquer sessão próxima daquele colegiado.

    Na última semana, alguns professores nesta lista de e-mails se comprometeram a unir esforços para a promoção de ações que reforcem a proposta de cotas já no exame vestibular de 2010 e impulsionem o movimento pelas ações afirmativas na UFRJ.

    Uma das primeiras propostas surgidas nesse movimento de apoio (COTAS NA UFRJ) é a de um grande ato público a ser realizado possivelmente em maio, contando com alguns convidados internos e externos à universidade, com vistas à deflagração de um amplo debate sobre as
    condições de implantação das cotas em 2010.

    Como alguns de vocês já se voluntariaram a participar de algum modo dessa iniciativa, estimulamos novas adesões em resposta a esta mensagem e urgimos que promovam discussões com outros colegas, assim como, na medida do possível, com técnico-administrativos e estudantes,
    e reúnam o máximo de adesões, no sentido de não apenas ajudar organização e divulgação do ato, mas engrossar as fileiras dessa campanha e, principalmente, contribuir à elaboração de uma proposta de COTAS NA UFRJ.

    Solicitamos também, àqueles que assim se disponham, que entrem para o grupo recém-criado do movimento COTAS NA UFRJ, no endereço cotasnaufrj-subscribe@yahoogroups.com, de modo a aprofundar os debates no modo virtual e acessar documentos pertinentes à campanha.

    Caso prefiram permanecer recebendo comunicados mais sintéticos sobre os encaminhamentos, encontros, reuniões etc., isso será feito rotineiramente por um dos abaixo-assinados.

    Pedimos, por fim, que se manifestem diretamente à profª. Liv Sovik (e-mail abaixo) aqueles que preferirem não mais receber mensagens sobre este tópico.

    POR COTAS JÁ NA UFRJ,

    Saudações,

    Marcelo de Paula Paixao (IE)
    Liv Sovik (ECO)
    Samuel Araujo (EM)

    • eliomar coelho disse:

      Olá Fátima,

      A função da enquete é tentar levantar, de forma democrática, a opinião de quem acessa o blog. Para além de encamparmos a campanha pela adoção das cotas na UFRJ, sabemos que o assunto gera polêmica mesmo dentro desta e de outras universidades. Não vejo o tema como um assunto partidário e acredito, mesmo, que dentro do PSOL existam pessoas que não concordam com esta política. De qualquer forma, o texto que serve como introdução à enquete deixa claro que negros e estudantes de baixa renda estão em situação de desigualdade. Cada cabeça, uma sentença. Que as cabeças que vão votar na UFRJ estabeleçam a sentença mais justa.

      Obrigado pela troca de ideias através do blog.

      Abs,
      Eliomar

  2. luciagama disse:

    Oi Fatima;
    Acho que pobre não tem cor!
    Baixa renda ou nenhuma renda não tem cor!
    Sou à favor de cotas sociais e cotas de escolas públicas,pois,
    no governoJango cursei a FNAUUFRJ- Faculdade Nacional de Arquitetura e Urbanismo da Universidade do RJ-quando o número de vagas aocurso de arquitetura foi dobrado e constatei o nivelamento cultural socio educativo desse ensino.
    POR ISSO SOU A FAVOR!!!!!!
    Os riquinhos daquela epoca, hoje ,são classe média alta e todos os colegas pobres ascenderam de classe social , cultural e financeira,levando suas famílias consigo, muitos estão ricos.
    Houve muito casamento entre alunos de classes sociais diferentes!
    PS: Tentei votar e não consegui
    Um abraço da Lúcia.

  3. luciagama disse:

    Fatima;
    Agora consegui votar.
    Saudações.
    Lúcia Gama.

  4. Lucas disse:

    Eu sou a favor de ensino público decente.Cotas são uma forma de discriminação.Por quê?Se você cria uma cota para beneficiar os negros por exemplo,você praticamente está dizendo que eles não tem capacidade de entrar numa faculdade,que são menos capacitados.O que se deve fazer é melhorar o ensino,e não o uso dessas cotas ridículas.

    • eliomar coelho disse:

      Caro Lucas,

      O assunto desperta muita polêmica. Basta ver os comentários que a enquete provocou. Certamente, é preciso resolver o problema na base, ou seja, melhorar o ensino e garantir o acesso aos negros ou estudantes de baixa renda. Um sistema de cotas que misture cota social e racial pode resolver a desigualdade a curto prazo. Nos Estados Unidos, foi eficaz e promoveu, de fato, o acesso.

      Obrigado pela participação no blog.

      Abs,
      Eliomar

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

*

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>