Notícias

Escolas para a Democracia

Consideramos o projeto Escola Sem Partido um absurdo completo e um enorme retrocesso. Por isso, apresentamos um projeto de lei na Alerj, o Escolas para a Democracia. Não é admissível que professores fiquem sob constante vigilância, proibidos (e intimidados) de exercer suas atividades com as prerrogativas que lhe são garantidas por lei. Defendemos a livre manifestação do pensamento. A liberdade de aprender, ensinar, pesquisar, ler, publicar e divulgar por todos os meios a cultura, o conhecimento, o pensamento, as artes e o saber, sem qualquer tipo de censura ou repressão. O pluralismo de ideias e de concepções pedagógicas.

Hoje (8) circula a notícia de uma versão fluminense para o famigerado projeto Escola Sem Partido na Alerj. Com os mesmos termos: “combater a doutrinação de gênero, política e ideológica.” E que o projeto “deve ter menos dificuldades de ser aprovado do que transita em Brasília”. Ledo engano: vamos continuar na luta ao lado dos profissionais de educação (Seeduc, Faetec e universidades estaduais) para que a autonomia pedagógica e a gestão democrática, preconizadas na Constituição e na LDB, sejam respeitadas.

Os estudantes têm o direito de conhecer a História, e a escola é o lugar onde se desenvolve pensamento crítico e se aprende a lidar com a diversidade cultural, de gênero, de opiniões.

Aliás, o MPF já se manifestou sobre o assunto, afirmando que o Escola Sem Partido é inconstitucional.

https://bit.ly/2UtnnmV

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Bem-vindo ao Facebook do Eliomar

Esta entrada foi publicada em Educação, Notícias. Adicione o link permanente aos seus favoritos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

*

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>