Blog

Exílio na cidade-empresa: moradores deixam o Rio porque não suportam alto custo de vida

“Historicamente, as cidades deixaram de ser um meio de vida social para se tornar um meio de valorizar o capital. É a lógica da “cidade-empresa”, explica Miqueli Michetti, doutora em Sociologia, em reportagem oportuna de Mariana Filgueiras, publicada em O Globo sobre moradores que são vítimas da remoção branca – pessoas obrigadas a migrar ou imigrar do Rio de Janeiro porque não podem bancar seu preço. Alguns mudam de bairro mas outros são empurrados para fora da cidade. “Se o alto custo fosse o preço a pagar por uma cidade mais democrática, valeria a pena, mas não é o que acontece. A gente está perdendo o carisma para uma cidade cada vez mais exclusive daqueles que podem fazer negócios com ela. E podia ser diferente”, acrescenta Luiz Cesar de Queiroz Ribeiro, professor do IPPUR/UFRJ (Instituto de Pesquisa e Planejamento Urbano e Regional).

Leia o depoimento da produtora cultural Bebel Kastrup
Leia o depoimento do cineasta Guido Marcondes

Esta entrada foi publicada em Blog. Adicione o link permanente aos seus favoritos.

Uma resposta a Exílio na cidade-empresa: moradores deixam o Rio porque não suportam alto custo de vida

  1. Pingback: Mapa crítico do Rio | Eliomar Coelho - PSOL - O vereador do Rio

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

*

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>