Notícias

Faltam somente três assinaturas para aprovação da CPI dos Ônibus

O vereador Eliomar Coelho já coletou 14 das 17 assinaturas necessárias para a instalação da CPI dos Ônibus na Câmara Rio. Para pressionar os parlamentares, haverá um ato amanhã, terça-feira (25/06), no plenário durante a sessão legislativa de 14h às  18h. Até hoje, foram convidadas mais de 43 mil pessoas e mais de 2 mil confirmaram. Um abaixo-assinado apoia a CPI e também serve de pressão.

Eliomar entrou com pedido de CPI na quarta-feira passada (19/06) e denunciou pressão do líder do governo na Câmara, vereador Guanará, junto a parlamentares para inviabilizar a comissão.  Além dos 10 vereadores que assinaram o requerimento, mais quatro se comprometeram a assinar na sessão de terça-feira (25/06). São eles, Reimont Otoni (PT), Teresa Bergher (PSDB), Marcio Garcia (PR) e Verônica Costa (PR).

Já assinaram o pedido de CPI os seguintes parlamentares: Eliomar Coelho (PSOL), Renato Cinco, Paulo Pinheiro e Jefferson Moura – da bancada do PSOL –  Leonel Brizola Neto (PDT), Cesar Maia (DEM), Tio Carlos (DEM), Rosa Fernandes (PMDB), Carlos Bolsonaro (PP) e Júnior da Lucinha (PSD).

Eliomar  lembra que o Fundo Municipal de Transportes, previsto na legislação desde 1992, nunca foi implementado. O fundo tem a função de acumular recursos de diversas fontes para ajudar a financiar o sistema com mais transparência, reduzindo o valor da tarifa.

“O alcaide Eduardo Paes já está no segundo mandato e nunca se mexeu para fazer um debate público, franco e transparente que levasse à implementação desse fundo. Hoje, as empresas recebem inúmeros benefícios fiscais e subsídios explícitos e disfarçados que a população não consegue nem saber que existem. A CPI é fundamental para a transparência deste debate, para que se assuma o controle público de todo o fluxo financeiro do sistema através do Fundo Municipal de Transportes”, argumentou Eliomar.

Esta entrada foi publicada em Notícias. Adicione o link permanente aos seus favoritos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

*

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>