Rio - 13 de junho de 2012

Freixo é o candidato a prefeito do PSOL


“Nosso Rio tem jeito. Nosso Rio é Marcelo Freixo!” Com estas palavras de ordem, uma empolgada militância celebrou a homologação da candidatura do deputado estadual Marcelo Freixo a prefeito do Rio na convenção do PSOL realizada na segunda-feira (11/06) na Câmara dos Vereadores. Também foi homologada a candidatura à reeleição do vereador Eliomar Coelho. A bancada federal do PSOL/RJ marcou presença ao lado de lideranças nacionais como Ivan Valente (PSOL/SP). “Nossa campanha será nas ruas e nas redes. Será um movimento, a primavera carioca. Vamos construir outra história para o Rio de Janeiro”, disse Freixo. Na foto, a deputada federal Marinor Brito (PSOL/PA), o ator Wagner Moura, Marcelo Freixo, o músico Marcelo Yuka – candidato a vice-prefeito – e a deputada estadual Janira Rocha. Saiba mais

Vitória do mandato!
Foi derrubado ontem (13/06), na Câmara Municipal, o veto ao projeto de lei n° 16/2009, de autoria do vereador Eliomar Coelho, que amplia a licença-maternidade das servidoras municipais de quatro para seis meses. A proposta havia sido aprovada por unanimidade. Mas o prefeito Eduardo Paes vetou e, no mesmo dia, baixou decreto com o mesmo teor da matéria elaborada pelo mandato. Lei do deputado estadual Marcelo Freixo (PSOL) ampliou a licença das servidoras do estado. A Sociedade Brasileira Pediátrica e a Ordem dos Advogados do Brasil, que apoiam a mudança, lançaram campanha nacional sobre o tema.

Hora de cumprir a promessa
O mandato Eliomar Coelho é co-autor de emenda à Lei de Diretrizes Orçamentárias que determina a implantação do plano de cargos e salários nas áreas da Educação e da Saúde. Pelo quarto ano consecutivo, o mandato apresenta esta proposta. O prefeito está no último ano de mandato e ainda não cumpriu a promessa de melhorar os salários das duas categorias. A fim de impedir o fisiologismo e viabilizar a transparência no trato do orçamento público municipal, o mandato é co-autor de outra emenda que modifica o texto de regulamentação sobre recebimento de recursos financeiros por entidades públicas e privadas sem fins lucrativos. A emenda impede o vínculo entre estas instituições e membros dos poderes executivo e legislativo.

Prêmio à militância
Durante a Cúpula dos Povos na Rio+20, o mandato homenageará os três pesquisadores processados pela companhia TKCSA porque denunciaram danos ao meio ambiente, à população de Santa Cruz e aos pescadores de Sepetiba. Eliomar Coelho entregará Medalha Pedro Ernesto ao pneumologista Hermano Albuquerque de Castro e ao engenheiro sanitarista Alexandre Pessoa Dias (ambos da Fiocruz) e à bióloga Mônica Lima, da Uerj. Será no dia 18/06, ao meio-dia, na tenda Carmem da Silva (Espaço Saúde, Ambiente e Sustentabilidade), no Aterro do Flamengo. Antes da homenagem, será realizado, lá, a partir das 9h, um debate sobre os impactos ambientais de megaempreedimentos. Leia entrevista de Mônica Lima concedida ao site do mandato.

O mandato Eliomar Coelho na Cúpula dos Povos
Serão mais de mil atividades acontecendo em vários pontos da cidade durante a Cúpula dos Povos na Rio+20. Os mandatos do PSOL vêm acompanhando a organização deste encontro paralelo da sociedade civil engajada. Na nossa agenda, a Ciranda da Resistência na Gamboa, o Rio+Tóxico – visitas de militantes e imprensa internacional às regiões impactadas pela TKCSA, Comperj e Reduc –, o lançamento da revista do setorial ecossocialista do PSOL, a campanha contra os agrotóxicos, a marcha do Dia Global de Mobilização…Veja a agenda completa do PSOL na Cúpula com datas, horários e locais.

Marcha da Vila Autódromo
No próximo dia 20 de junho, uma marcha de moradores de Vila Autódromo partirá da comunidade rumo ao Riocentro, palco da conferência Rio+20. A concentração está marcada para às 9h. Antes, às 8h30, está previsto um encontro de uma comitiva com Ban Ki-moon, secretário-geral da ONU. Mas o movimento começa na véspera com vigília e acampamento de militantes engajados na luta contra as remoções vinculadas aos megaeventos. A expectativa é de grande adesão à caminhada.

Economia verde ou capitalismo pintado?
O que está em jogo no Rio e na Rio+20? Esta é a pauta do debate marcado para amanhã, 14/06, às 18h, na ACM, na Rua da Lapa, 86, 6° andar, na Lapa. A coordenação é de Sandra Quintela, da Rede Jubileu Sul. Na mesa, o deputado estadual Marcelo Freixo, Etelvina Mazzioli, da Via Campesina. Jean Pierre Leroy, da FASE, Nora Cortinãs, do movimento Mães da Praça de Maio, e o deputado federal Chico Alencar (PSOL).

Seu Gomes
O Rio de Janeiro está mais triste. Morreu Armando Gomes, o querido Seu Gomes, dono do Bar Urca – um dos pontos mais agradáveis da cidade. Seu Gomes tinha 96 anos e passou boa parte da vida (82 anos!) atrás dos balcões de botequins clássicos. Era um dos comerciantes mais antigos do Brasil. Batia ponto, todos os dias, na Urca para conversar com os clientes do bar, que segue nas mãos da família com o mesmo espírito carioca e boêmio.

Sobre botequim
Luiz Antonio Simas
“Vivemos tempos de uniformização dos costumes, fruto do tal de mundo globalizado. Em cada canto desse mundaréu, ligado por redes transnacionais de telecomunicações, as pessoas assistem aos mesmos filmes, vestem as mesmas roupas, ouvem as mesmas músicas, falam o mesmo idioma, cultuam os mesmos ídolos e se comunicam em, no máximo, 140 toques virtuais. Leia na íntegra o artigo “A ágora carioca”.

Maracanosso ou Maracadeles?
Apaixonados pelo Maraca questionam a privatização do estádio em reportagem da Agência Pública. Eliomar Coelho criticou a reforma no artigo “Maracanã, adeus”, publicado no jornal O Globo.

Rio antigo
A Zona Portuária antes da Rodoviária e da Perimetral