Notícias

Governo quer cortar 30% da Assistência Social em 2021

O governo do estado quer cortar 30% ao que foi reservado para este ano em assistência social. Apesar da clara necessidade de recursos para apoio mínimo às famílias pelo impacto da pandemia e para promover um nível básico de subsistência para as pessoas.

O Fundo de Assistência Social, por exemplo, contará, no próximo ano, com menos 8,66% de recursos do que foi autorizado em 2020. Outros fundos importantes que perpassam o apoio individual de grupos sociais específicos e apoio coletivo a grupos econômicos que precisem de uma maior incidência do estado para sua recuperação e desenvolvimento, também foram reduzidos.

O Fundo de Fomento à Economia Solidária sofreu corte de 98,90%, e o Fundo para a Política de Integração da Pessoa com Deficiência de 90,91%. Ou seja, foram extintos. Lamentável.

Além disso, a dotação dos Fundos voltados para o microcrédito e para a recuperação econômica dos municípios, também ficaram reduzidas.

Vamos apresentar emendas para mudar essa proposta perversa do governo do estado, que pune de forma brutal quem mais precisa e precisará de ajuda no rastro da pandemia.

Esta notícia está também no Facebook do Eliomar

Esta entrada foi publicada em cidadania, Notícias, Orçamento, Politica, Saúde. Adicione o link permanente aos seus favoritos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

*

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>