Notícias

Governo Witzel renova contrato com RioCard?!

Vejamos como começa o governo Witzel, em sua primeira renovação de contrato de bilhetagem eletrônica do transporte público do estado: a Secretaria de Transportes renovou um contrato que foi usado como fachada para compensar o pagamento de propina feito por empresas de ônibus a políticos durante o governo Cabral, de acordo com o Ministério Público.

A responsável pela operacionalização do Bilhete Único é, desde 2010, a RioCard, ligada à Fetranspor, que, como sabemos, foi acusada pelo MP de distribuir R$ 500 milhões em propinas para políticos do estado.

Foi exatamente para combater esse tipo de relação entre os empresários de transportes e o poder público que apontamos, no nosso relatório final da #CPIdosTransportes da Alerj, a necessidade de revogação dos dispositivos legais e respectivos regulamentos e contratos que, em atentado à Constituição e à Legislação Federal, permitiram a apropriação direta de serviços públicos pela Fetranspor. Também apontamos a necessidade do controle público total do sistema de bilhetagem eletrônica. E, claro, pedimos o fim da Fetranspor.

 

 

 

 

 

 

 

 

Bem-vindo ao Facebook do Eliomar

Esta entrada foi publicada em Notícias. Adicione o link permanente aos seus favoritos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

*

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>