Notícias

Homenagem ao companheiro Jorge Borges

Jorge Luis Borges Ferreira
(por Eliomar Coelho)

Falo da ausência
Minha indignação e tristeza desse escuro
Que me cega
E não me deixa mais te ver
Te ouvir, te escutar
Apenas sinto o seguir do companheiro
Agora num voo sereno rumo às estrelas
Minha dor penduro na ponta da lança
Que costumavas usar com maestria
Na defesa dos direitos
Natural, sagrado e humano
Transformar a realidade no sonho
Reescreve a pureza de quem luta
Sensível às desigualdades sociais
Isto é só e muito o Jorge
Reservo-me a cantar meu lamento
No embalo musicado da minha saudade
Das lembranças guardo carinhosamente
A sua alegria da saudação : grande personalidade!
Guardo também, orgulhoso de assistir
O vigor do Jorge guerreiro e incansável
Na afirmação de suas convicções
Jamais o esquecimento do brilho
No convencer das suas ideias e dos seus ideais
Agora como labareda de fogo iluminador
A incandescência te resplandece
Ao subir aos céus, de onde
Vai apontar a geografia das nossas angústias
Deixando para todos nós e entre nós
O íntimo da tua vivência eterna
⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀
▪️▪️▪️
⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀
Este é um poema de minha autoria em homenagem ao querido companheiro Jorge Borges, que nos deixou na semana passada.
⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀
⚫ A família e os amigos convidam para as seguintes missas em sua homenagem:
⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀
◾Hoje, 8/10, às 19 horas, na Igreja Nossa Senhora da Conceição e São José. Avenida Amaro Cavalcante 1761 Engenho de Dentro (em frente à estação de trem).

◾Quarta feira, 9/10, às 12h, na Capela da Arquidiocese da Glória.

Esta notícia também está no Facebook do Eliomar

Esta entrada foi publicada em Notícias. Adicione o link permanente aos seus favoritos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

*

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>