Notícias

Homenagem ao grande Nelson Cavaquinho

Imagem de Amostra do You Tube

“O Sol há de brilhar mais uma vez. A luz há de chegar aos corações”.

Foram canções belas e poéticas como “Juízo Final”, composta por Nelson Cavaquinho, que catapultaram o profícuo compositor à galeria dos melhores sambistas cariocas. Nelson Cavaco merece todas as homenagens. No ano do centenário de seu nascimento, Nelson é o tema do samba-enredo da Estação Primeira de Mangueira.

Para reforçar o merecido tributo, nosso mandato apresentou o projeto de lei 809/11 que propõe que um logradouro público carioca seja batizado com o nome deste genial compositor e intérprete.

Dono de uma batida de violão inigualável e de uma voz inconfundível, fez gravações definitivas de suas canções. Herdou a verve musical do pai, músico da banda da Polícia Militar e de um tio que tocava violino.

Tomara que a prefeitura escolha um lugar ligado à história de Nelson Cavaquinho, que nasceu na Tijuca, vivia no Jardim América, mas está irremediavelmente vinculado à Mangueira.  Foram as rondas noturnas a cavalo, na qualidade de policial, que fizeram Nelson subir o morro e conhecer Carlos Cachaça e Cartola, de quem também foi parceiro. Entre os parceiros mais fiéis e constantes, outro sambista brilhante, Guilherme de Brito, com quem compôs “A Flor e o Espinho”, “Folhas Secas” e muitas outras canções que viraram clássicos.

A cidade merece um lugar com o nome de Nelson Cavaquinho. Nelson Cavaquinho merece um lugar com seu nome na cidade.

Esta entrada foi publicada em Cultura, Notícias. Adicione o link permanente aos seus favoritos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

*

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>