Rio - 5 de dezembro de 2012

Hora de festejar!


O ano de 2012 merece ser comemorado. O partido reelegeu sua bancada na Câmara Municipal – Eliomar Coelho e Paulo Pinheiro – e ainda fez mais dois parlamentares. A hora é de festejar! Neste domingo (09/12) acontece a animada ciranda com Lucio Sanfilippo, em Copacabana, na esquina da Avenida Atlântica com Rua Santa Clara, a partir das 10h. Programa para militantes, simpatizantes e para quem, simplesmente, gosta de ritmo e alegria.

Lei é para ser cumprida
Está na Ordem do Dia, para votação na Câmara, projeto de decreto legislativo proposto pelo mandato Eliomar Coelho que impede autorizações de destombamento. O PDL susta os efeitos do decreto 26748 de 2006 que permite reconversão de edificações tombadas ou preservadas que poderão sofrer intervenções arquitetônicas e ganhar nova função ou uso apropriado. Eliomar considera que o decreto extrapola a capacidade de legislar do Poder Executivo e usurpa a prerrogativa do Poder Legislativo de tombar bens por suas características arquitetônicas e urbanísticas.

Para onde vai o prefeito?
Mais uma vez, Eliomar Coelho votou contra a autorização de viagem por tempo indeterminado concedida ao prefeito e vice-prefeito na última quinta-feira (29/11) pela Câmara dos Vereadores, para o ano de 2013. A carta branca permite 15 dias consecutivos de viagem para fora do Rio. Se for para o exterior, não há limite mesmo que seja por motivo pessoal. “O prefeito viaja com dinheiro público. Deve prestar contas”, diz Eliomar que até hoje não recebeu resposta para o requerimento de informações em que solicita detalhes sobre viagens realizadas por Paes este ano.

Defensoria barra remoções
A Defensoria Pública do Estado do Rio de Janeiro conseguiu liminar para impedir as remoções no Morro da Providência, que estão ocorrendo em função do projeto Morar Carioca da prefeitura. A permissão para novas demolições de casas fica condicionada à realização de Estudo de Impacto Ambiental e audiências públicas com a comunidade, que não obteve pleno acesso às informações sobre as obras. Se a decisão não for cumprida, será cobrada multa de R$ 50 mil. Veja relatório do mandato sobre a situação na Providência. A Comissão de Direitos Humanos da Alerj faz amanhã, 06/12, às 10h, audiência pública no Palácio Tiradentes onde será apresentado um balanço das remoções provocadas pelos megaeventos e megaempreendimentos.

Cultivando a memória

Para reforçar a memória da história recente do país, a Fundação Lauro Campos promove, na próxima terça-feira, dia 11/12, o debate “Em busca da memória: a vida de Carlos Marighella e as armadilhas da história”. O jornalista Mário Magalhães, autor do livro “Marighella – o Guerrilheiro que incendiou o Mundo” faz a palestra no Instituto de Ciências e e Filosofia da UFRJ, no Largo do São Francisco. Leia matéria da revista Carta Maior com revelações do filho Carlos Augusto Marighella sobre o pai.

Plano de Cargos e Salários, já!
Os vereadores Eliomar Coelho e Paulo Pinheiro – que formam a bancada do PSOL no Legislativo – apresentaram emenda à Lei de Orçamento Anual (LOA) para garantir recursos para implementação de Plano de Cargos e Salários para profissionais da Saúde e da Educação. Eliomar apresentou emenda para que sejam alocadas verbas para construção de rampas de acessibilidade nas escolas e para reforma da Escola Municipal Odilon de Andrade, em Olaria. A proposta visa garantir que parte dos recursos do Executivo reservados para investimento em obras e equipamentos na rede de ensino será usado para estas melhorias.

Pelos direitos humanos
No próximo dia 10 de dezembro faz 64 anos que foi aprovada a Declaração Universal dos Direitos Humanos pela ONU. Na passagem de mais um Dia Internacional dos Direitos Humanos, na próxima segunda-feira (dia 10/12), haverá um debate, na Alerj, com Marcelo Freixo, Chico Alencar e Frei Betto. Na ocasião, será divulgado um relatório com informações sobre violações no estado do Rio.

O lirismo do carnaval
Tiago Prata
“A declaração da coordenadora do concurso de marchinhas da Fundição Progresso, Vanessa Damasco, publicada na coluna do Joaquim Ferreira dos Santos no O Globo do último dia 15, fez despertar uma discussão sobre o carnaval. Vanessa diz que este ano o resultado dos festival ficou mais “divertido” com menos “música lenta e marcha-rancho entre as finalistas”. Leia artigo na íntegra do músico e compositor carnavalesco.

Rio antigo

Registro da Barra da Tijuca, nos anos 70, sem prédios. O grande temor, hoje, é que a construção de um campo de golfe e de um complexo hoteleiro transforme e destrua a ainda preservada Praia da Reserva, que é Zona de Conservação da Vida Silvestre.