Notícias

Impeachment de Witzel e leilão da Cedae

O dia (sexta, 30/5) que poderia ser de alívio pelo impeachment de Witzel, infelizmente foi ofuscado pelo leilão da Cedae. O sucateamento de empresas públicas lucrativas para venda à iniciativa privada é uma estratégia antiga de governos neoliberais.

Witzel saiu, mas deixou seu vice, Cláudio Castro, que hoje junto com Guedes e a família Bolsonaro venderam parte do único bem público que o Estado do Rio ainda tinha — a Cedae. Água e esgoto devem ser bens públicos. Todos têm que ter acesso ao saneamento básico. Não podem sucatear e vender bens tão preciosos para o ser humano.

Esta postagem está também no Facebook do Eliomar

Esta entrada foi publicada em cidadania, Cidade, Notícias, Politica, Política Nacional, Saneamento, Saúde. Adicione o link permanente aos seus favoritos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

*

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>