Notícias

Não foi por causa da geosmina

Antes da pandemia do Coronavírus, o Rio de Janeiro era assolado pelo problema com a água. O cheiro forte, além da cor e gosto, eram comuns nas torneiras, tal qual as desculpas do governador Witzel a respeito do causador de tudo: a geosmina.

Mas não era só a geomisna na água que a afetava. Para a surpresa de ninguém, havia também esgoto na água. Isso mostra a clara ineficiência e desrespeito do estado em fornecer o básico para a população, algo histórico.

E agora, em meio ao problema global de saúde, o governo do Rio de Janeiro trabalha para privatizar a Cedae, ao invés de focar os esforços em saneamento e infraestrutura para oferecer água adequada para toda a população. Tal qual os escândalos de corrupção, essa sujeirada toda também é difícil de engolir.

Leia mais

Esta notícia está no Facebook do Eliomar

Esta entrada foi publicada em Educação, Habitação, Meio Ambiente, Notícias, Saneamento, Saúde. Adicione o link permanente aos seus favoritos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

*

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>