Notícias

O escândalo da Linha 4 do metrô

O TCE mandou o governo apresentar um plano de emergência para retomar os trabalhos da Estação Gávea da Linha 4 do Metrô. Prometida para 2016, é a obra mais cara do chamado “legado olímpico” e um dos casos mais escandalosos que envolvem o setor de transportes no Rio de Janeiro, como sempre denunciamos.

Orçada em R$ 880 milhões, custou mais de R$ 10 bilhões de dinheiro público, teve mudado seu traçado original, encarecendo a obra, e foi inaugurada sem a Estação Gávea, prevista no contrato. A obra está parada desde 2015 e oferece riscos estruturais a prédios da região.

Tudo isso consta do relatório final da CPI dos Transportes da Alerj, presidida por mim no ano passado. Com 412 páginas, o documento faz um diagnóstico detalhado sobre o sistema e uma série de recomendações objetivas para diversos órgãos. Ele pode ser acessado aqui: https://bit.ly/2yJ0H8R.

Leia mais

Esta entrada foi publicada em Notícias, Transportes. Adicione o link permanente aos seus favoritos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

*

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>