Blog

O Rio, nossa cultura de samba e das ruas deve muito a Gallotti

Flanava pelas ruas com seu cavaquinho debaixo do braço, fazendo roda de samba em todas as esquinas. Formou e trouxe para o samba toda uma geração com sua voz inconfundível e repertório inesgotável. Era firme nos ideais políticos e sempre do nosso lado.

Acima de tudo, era um grande carioca, tanto é que foi agraciado com a Medalha Pedro Ernesto pelo amigo Tarcisio Motta.

A foto é do dia da entrega, numa festa bonita na Cinelândia. E Gallo tava que nem pinto no lixo.

O Rio de Janeiro e a nossa cultura de samba e das ruas deve muito ao Gallotti. Descansa em paz, meu amigo!

Eliomar

* Na sessão desta quinta-feira (12/5) da Alerj, Eliomar pediu um minuto de silêncio. “Gallotti merece todas as homenagens. Perdemos uma referência no samba e uma ser humano maravilhoso. Meus sentimentos à família!”.

Esta postagem está também no Facebook do Eliomar

Esta entrada foi publicada em Blog, Cultura. Adicione o link permanente aos seus favoritos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

*

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>