Rio - 27 de fevereiro de 2013

Ocupação ilegal, não!

Eliomar Coelho pedirá ao Ministério Público que averigue se o Iphan realizou a análise técnica do novo projeto de Eike Batista para a Marina, que prevê a construção de um prédio de 15 metros de altura. A autorização do primeiro projeto foi suspensa porque o Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional não havia realizado o procedimento administrativo. O mandato encaminhou requerimento de informação à secretaria municipal de Urbanismo solicitando cópia do novo projeto de Eike Batista que permanece um mistério. No próximo domingo, 03/03, os vereadores Eliomar Coelho, Paulo Pinheiro e Renato Cinco, o deputado federal Chico Alencar e o deputado estadual Marcelo Freixo – todos do PSOL – comandam uma manifestação contra o projeto. A concentração é às 10h, em frente ao Castelinho do Flamengo. Saiba mais
Dia: domingo, 03/03
Hora: 10h
Concentração: em frente ao Castelinho do Flamengo

Encontro engajado

O PSOL volta a se reunir na Praça Mário Lago (Buraco do Lume), no Centro, na próxima sexta-feira, 01/03, às 12h30. Nos encontros semanais, o partido faz uma ouvidoria a céu aberto e presta contas das ações dos mandatos do Rio de Janeiro. A principal atividade será a coleta de assinaturas para o abaixo-assinado contra o projeto de Eike na Marina da Glória, que fica dentro do Parque do Flamengo, área tombada onde é proibido construir. Leia o artigo de Eliomar Coelho “Eike Batista e o Iphan podem atropelar a lei?”.
Dia: sexta, 01/03
Hora: 12h30
Ponto de encontro: Praça Mário Lago (Buraco do Lume), no Centro

Fraude no Bolsa Família
O Mandato Eliomar Coelho pedirá, ao Ministério Público Federal, ação civil pública para apurar denúncia da rádio CBN sobre fraude no Bolsa Família. Dos 94 cadastradores contratados por Organizações Sociais para cadastrar moradores do Rio no programa federal, através da secretaria municipal de Desenvolvimento Social, há indícios que 60 cadastraram seus próprios nomes para receber o benefício. A Defensoria Pública da União já acionou a Polícia Federal para cuidar do caso. Eliomar enviou requerimento de informações solicitando os contratos com as OSs. Segundo denúncias encaminhadas ao mandato no ano passado, funcionários da prefeitura estariam negociando apartamentos do “Minha Casa, Minha Vida”. Veja pronunciamento de Eliomar.

Calçadas livres
Eliomar promete cobrar, da prefeitura, a aplicação da legislação vigente a fim de garantir o livre ir e vir dos pedestres na cidade. Insatisfeitos com a ocupação desordenada das calçadas por grades, fradinhos e jardineiras, moradores pensam em criar uma entidade regional a exemplo da Abraspe (Associação Brasileira de Pedestres) que tem sede em São Paulo. Leia matéria do jornal O Dia: “Pedestres unidos para garantir calçadas livres”.

Deu na mídia
A matéria “Recorde de Esquecimento”, do jornal Extra reforça uma velha constatação: o Pan não deixou legado social. Não foi cumprido o decreto municipal que vinculava 43 metas sociais aos investimentos que seriam feitos na cidade em função dos jogos em 2007. Eliomar cobrou, do então prefeito Cesar Maia, esclarecimentos sobre as obras para os Jogos Panamericanos e sobre a agenda social. E tentou, em vão, levar adiante a CPI do Pan.

Remoções sumárias
O Comitê Popular Rio Copa e Olimpíadas denuncia mais uma remoção. Desta vez, o alvo foram moradores do Largo do Tanque, em Jacarepaguá. Acabou o Carnaval e a prefeitura voltou a agir usando velhas estratégias: intimidação e tortura psicológica, segundo revelam alguns removidos. Das 50 famílias, poucas ainda resistem no local. A indenização, em muitos casos, foi irrisória. Saiba mais

RIO ANTIGO
A vista é deslumbrante do mirante do Morro do Corcovado, neste registro de Augusto Malta feito antes da construção do Cristo Redentor na cidade que completa 448 anos na próxima sexta-feira, 01/03.