Notícias

Presos prefeito, ex-agentes públicos e empresários de transportes de Niterói

O Rio acordou ontem com mais uma operação que busca desbaratar os esquemas de propinas entre agentes públicos e empresários de ônibus.

Desta vez sob o comando do MP estadual e coordenado pela Polícia Civil RJ, foram presos, entre outros o prefeito de Niterói, Rodrigo Neves, ex-secretários e empresários do setor de ônibus. O esquema muito parecido com os que o MPF já vem investigando: desvios de verbas do sistema de transporte para caixinhas de gestores públicos a troco de benesses para empresas e manutenção de privilégios.

A concessão dos ônibus de Niterói guarda muitas semelhanças com as do município do Rio de Janeiro e aquela pretendida, mas não concluída, pelo Governo do Estado para as linhas intermunicipais.

Da operação de hoje, podemos tirar duas constatações:

1) O esquema ainda está longe de ser desmantelado por completo. Suas ramificações nos municípios e uma possível continuidade dos planos da atual Secretaria de Transportes no Estado vão contribuir para manter tudo como está, caso algo muito profundo não seja feito na condução da política de transportes.

2) É fundamental que o povo do Estado do Rio de Janeiro e suas instituições legitimadas atuem para afastar em definitivo a FETRANSPOR de toda e qualquer atividade que implique em gestão ou prestação direta de serviços ligados ao sistema de transporte público. É fundamental que o sistema RioCard seja estatizado e todo e qualquer contrato entre esta corporação e órgãos públicos sejam cessados.

Leia mais

 

Esta entrada foi publicada em Notícias, Transportes. Adicione o link permanente aos seus favoritos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

*

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>