Blog

Opine: beco-limite

Em março do ano passado, a prefeitura anunciou seu plano de erguer muros em 19 favelas com a intenção de impedir a expansão destas comunidades mata adentro, preservando a vegetação nativa remanescente.

O assunto gerou enorme polêmica e um sem número de artigos. Até o falecido escritor português José Saramago escreveu, na época, crônica com críticas contudentes em seu blog ” Outros Cadernos de Saramago”.

Agora, a prefeitura anuncia que não mais construirá muros nas favelas do Leme. A nova proposta é um beco-limite em volta das comunidades Chapéu Mangueira e Babilônia.

Opine: o que você acha da construção do beco-limite? Você vê diferença entre um muro e um beco-limite?

Esta entrada foi publicada em Blog, Opine, Prefeitura e marcada com a tag . Adicione o link permanente aos seus favoritos.

Uma resposta a Opine: beco-limite

  1. Jan Kruger disse:

    Os limites, sejam muro ou beco para a expansão das favelas é um mal necessário.

    Primeiro é preciso deixar bem claro onde que estão sendo construídos esses muros e becos. Em favelas que estão avançando sobre a mata nativa, e em áreas de proteção ambiental. Ou seja, a contenção é devida.

    A mesma poderia ser feita através de fiscalização rígida, mas em uma cidade com 1000 favelas, como ter esse controle estrito e detalhado? Os governos ate o atual não conseguiram responder a essa pergunta e portanto se voltam para contenções físicas.

    Mas se olharmos a questão a fundo o problema maior é a falta de uma politica habitacional para a classe mais pobre da sociedade. Politica habitacional que passa por subsídios, informação e principalmente TRANSPORTE PUBLICO. Sim, transporte é parte fundamental para uma politica habitacional.

    O estado precisa prover condições para que a moradia em favelas passe a ser desinteressante. Atrair as pessoas para fora da favela é o caminho que precisamos seguir para reverter o processo de favelização insustentável da nossa cidade. Pois as favelas são no final das contas carissimas para a sociedade.

    CaosCarioca.com.br

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

*

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>