Blog

Opine: CSA deve ser impedida de funcionar?

Em evento durante o fim de semana, o prefeito Eduardo Paes declarou, à imprensa, que a cidade ficará mais poluída por causa da ThyssenKrupp CSA e afirmou que seu funcionamento não reverterá em grandes benefícios para a cidade como empregos e mais impostos. A empresa não paga ICMS e obteve isenção no pagamento de ISS. Paes chegou a dizer que talvez não tivesse apoiado a implantação da siderúrgica em Santa Cruz, se fosse prefeito na época em foi decidida a instalação da companhia.

Desde que entrou em operação, a CSA já foi multada duas vezes pelo Inea (Instituto Estadual do Ambiente) por causar poluição ambiental. Em janeiro, o Inea aplicou multa de R$ 2,8 milhões por emissão de fuligem no entorno da usina em Santa Cruz. Em fevereiro, uma manifestação liderada por moradores do bairro e pescadores da Baía de Sepetiba – área que também foi afetada – denunciaram que a CSA continuava espalhando pó na região. Eles querem impedir a licença permanente da companhia.

Opine. A CSA deve ser impedida de funcionar? O governo deve condicionar a concessão de licença permanente à execução de ajustes e eliminação comprovada de poluição na região?

Leia a “Declaração de Santa Cruz”, redigida pelo movimento de moradores de Santa Cruz e pescadores de Sepetiba

Esta entrada foi publicada em Blog e marcada com a tag , . Adicione o link permanente aos seus favoritos.

4 respostas a Opine: CSA deve ser impedida de funcionar?

  1. souldorio disse:

    Em minha opinião ela deve, sim, ser impedida de funcionar até que prove ter um programa certificado de funcionamento em segurança, tanto para seus funcionários como para a população das vizinhanças e todo o ecossistema da região.
    Não é possível que o poder público compactue com a irresponsabilidade dos administradores da empresa.
    Com minhas saudações ao bravo vereador Eliomar.
    Grande abraço.
    Roger.

  2. Saudações

    Impressiona a passividade, quase convivência, dos gestores públicos com os malfeitos de empresas privadas em nosso país. Talvez por que essas empresas possam vir a financiar futuras campanhas eleitoreiras.
    Apenas essa declaração do alcaide já seria um excelente motivo para fechar a CSA, pelo menos até a empresa se adequar aos parâmetros do controle ambiental.
    Está comprovado que a CSA polui, fazendo mal à população. Além disso, obteve isenção de impostos e não demonstra nenhuma vontade de se adequar.
    Por uma questão de lógica, a CSA não deve receber a licença definitiva. E mais: somente deverá recebâ-la quando se adequar, recuperar o que foi destruído e indenizar os moradores da localidade.
    Agora, sejamos práticos: Depois de tanta facilidade oferecida por quem deveria cobrar o cumprimento da legislação, qual empresa abriria mão de seus lucros para “gastar” com preservação do meio ambiente?

    Um abraço.

  3. eliomar coelho disse:

    Caro Roger,

    Obrigado pela participação no Opine. Concordo em gênero, número e grau!
    Abs,
    Eliomar

  4. eliomar coelho disse:

    Cara Patrícia,
    Falta a cobrança e fiscalização. As multas do Inea são importantes mas não atingem o âmago da questão: a CSA é uma siderúrgica que claramente não trabalha dentro de altos padrões de eficiência. E sabemos que a usina já causaria poluição se houvesse responsabilidade social…
    Abs,
    Eliomar

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

*

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>