Blog

Opine: governo Lula

Daqui a 11 dias, Luiz Inácio Lula da Silva passa o posto para Dilma Roussef, que será nossa primeira presidente mulher. Após dois mandatos, oito anos no poder, Lula deixa o planalto com um saldo que envolve escândalos como o Mensalão.

Com alto índice de popularidade, o presidente levou, à 12,7 milhões de famílias,  o programa Bolsa Família que foi alardeado como responsável pela redução da pobreza. O programa foi reconhecido por organismos internacionais  como instrumento eficaz no combate a desigualdade.

Mas para quem acredita que só a educação produz avanços sociais a médio e longo prazo, podemos dizer que o resultado nesta área é negativo. O investimento  do governo girou em torno dos 3%. O Prouni – que garantiu bolsas à alunos de baixa renda em faculdades particulares – ampliou o acesso. Mas a qualidade do ensino fundamental – base para melhorar o desempenho nos vestibulares e a consequente mobilidade social – não foi aprimorada. O alto índice de evasão escolar e de analfabetismo (o país tem cerca de 14 milhões de analfabetos) são indicadores de deficiência nesta área.

Opine. Como você avalia o governo Lula? Quais as perspectivas do próximo governo petista, considerando a herança deixada pela era Lula? Lula tentará voltar à presidência em 2014?

Esta entrada foi publicada em Blog, Opine, Política Nacional e marcada com a tag . Adicione o link permanente aos seus favoritos.

Uma resposta a Opine: governo Lula

  1. Roger de Sena disse:

    Caro Eliomar,
    Acho que seria injustiça classificar o governo Lula como ruim ou péssimo, no geral. Em termos de educação foi pouco melhor que o antecessor, que manteve a idiotização das camadas mais pobres da população via privatização do ensino e fechamento das poucas boas escolas públicas, o que já vinha acontecendo desde os governos da ditadura.
    Chegamos ao ponto de nos tornarmos, talvez em alguns anos, a solução para o desemprego dos estadunidenses e europeus! Basta ver o que eles próprios já descobriram: http://www.cbsnews.com/video/watch/?id=7143554n&tag=cbsnewsMainColumnArea.6#comments
    Ou damos a grande virada na educação, com investimentos maciços dos governos seguintes, ou continuaremos a ser servos em nosso próprio país.
    A momento é de união, com vigilância crítica e permanente, para erradicarmos definitivamente o perigo neoliberal-capitalista, para chegarmos a ser um Brasil para todos os brasileiros!
    Termos um ou vários “EIKE BATISTA” não é a solução para os nossos problemas, e nem mesmo serve como exemplo de progresso.
    Saudações psolistas!
    Roger.

  2. camarada Eliomar! quando petista não me deixei atrair para o lulismo porque mantive uma prudente desconfiança sobre o projeto, que me parecia um tanro pessoal, do então companheiro Lula, concordo que o governo Lula, em muitos pontos e questões importantes deixou a desejar. por outro lado me não possível negar os acertos em áreas essencias de seu governo, como a política externa, que destaco, a melhora na qualidade de vida de cerca de 50 milhões de brasileiras e brasileiros, o acesso ao trabalho com carteira assinada de mais de 10 mi de trabalhadoras e trabalhadores…
    o mais fundamental contudo foi haver retirado as mãos dos “donos do poder”, que nos dominam e exploram há mais de 500 anos, do timão do governo da União e, ao finzinho, haver eleito uma mulher do time dos de baixo para prosseguir no rumo que levou 4 em 5 brasileiros a aprovarem como bom e ótimo, uma maioria esmagadora, seu governo. acompanho política brasileira desde os 6 aninhos de idade, anos do Estado Novo, e posso dizer que Lula foi o melhor e o maior presidente que o Brasil já elevou ao governo do país, Getúlio Vargas, o “pai dos pobres”, incluso. agora é esperar que Dilma mantenha e melhore o rumo. vou torcer por isto. abração pSOLcomunista do guima, comunista e cristão, ou viceversa, dá no mesmo,

  3. O Governo do Lula, PT e aliados não me deixou boa impressão. Fico chateada porque acreditei, votando 2 vezes nesse governo. Acreditei que ele, que dizia ter passado por necessidades na infância, foi operário, teria mais respeito pelo povo brasileiro. A meu ver, não foi isso o que aconteceu.
    Se paramos para pensar, há uma posição lulo-petista antes da eleição e outra depois da eleição. Antes da presidência, Lula e PT criticavam a ajuda aos banqueiros, a falta de investimento em educação, saúde e infra-estrutura, a subserviência aos norteamericanos e tantas outras coisas.
    Depois tudo mudou. Nunca antes na história, os banqueiros foram tão felizes. Educação, saúde e infra-estrutura foram maquiadas com programas populistas que pouco (ou nada) mudaram o cenário nacional.
    De que adianta o jovem receber diploma universitário, se ele mal sabe ler e escrever? Por que o ensino fundamental e médio foram tão deixados de lado? Fácil justificar que ” a situação tem mais de 500 anos” ou “fizemos mais que outros governos”. Balelas e nada mais.
    E o Bolsa-Família? Por que o programa não foi atrelado a índices de educação e saúde? O benefício deveria ser provisório, com oferta de cursos alfabetização de adultos e qualificação profissional, para que os beneficiários aprendessem a pescar e não apenas a receber o peixe.
    A Saúde foi outra grande decepção. Antes, PT e Lula eram contra a CPMF. Depois que passaram a ser governo, se tornaram defensores ferrenhos da “contribuição”. Chegaram a argumentar que os bilhões que deixariam de ser arrecadados fariam falta. Mais uma falácia, pois a arrecadação até cresceu depois do fim da CPMF. Mas a saúde continuou sem recursos. Será que o problema é falta de recursos ou falta de competência gerencial e muita corrupção.
    Por falar em corrupção, não podemos deixar de trazer à baila todos os escândalos que o PT e Lula desconheciam, apesar de estarem debaixo de seus narizes, dentro de sua casa: Dirceus, Mensalões, Erenices, Caseiros, Sanguessugas e outros.
    A eleição de Dilma não me dá nenhum orgulho enquanto mulher. Não a vejo como representante de coisa alguma. Até porque é tão preconceituoso achar que o fato de ser mulher a credencia como boa governante quanto o contrário. Sua eleição se deu, porque os eleitores acreditaram estar votando em um pau-mandado do Lula ou nele próprio. Inexpressiva, mas truculenta, dará muito trabalho ao Lula, ao PT e aos aliados. Se o Lula acredita que ela só vai esquentar o banco para ele voltar em 2014, está enganado.
    Que o próximo ano desperte nas pessoas a vontade de lutar pela ética e pela justiça social no mundo.

    Um fraterno abraço.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

*

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>