Blog

Opine: Pacote Olímpico

Para dar conta do fluxo de visitantes na cidade durante os Jogos Olímpicos de 2016, a cidade precisa de 50 mil quartos de hóteis. Hoje, possui apenas 29 mil. Aprovado na Câmara dos Vereadores, o Pacote Olímpico, além de garantir isenções fiscais, incluiu emendas que liberaram a construção de empreendimentos na praia da Joatinga e em ruas internas da Barra da Tijuca, próximas à Barrinha, a fim de estimular empreendimentos imobiliários.

As alterações na legislação urbanística foram solicitadas pela Associação Brasileira de Indústria Hoteleira (ABIH) que vê a premência do setor em expandir os investimentos em função da demanda da Rio 2016. A normas urbanísticas atuais só permitem construções na orla da Barra da Tijuca.

O Pacote Olímpico autoriza a construção de um hotel em um imóvel residencial que pertence ao Flamengo, na rua Rui Barbosa. A Associação de Moradores do Flamengo já se manifestou contra. Permite também a mudança dos parâmetros urbanísticos no terreno ocupado pela antiga fábrica da Brahma, na Cidade Nova.

Opine: você é a favor do Pacote Olímpico?

Esta entrada foi publicada em Blog, Opine e marcada com a tag . Adicione o link permanente aos seus favoritos.

6 respostas a Opine: Pacote Olímpico

  1. Roger de Sena disse:

    A princípio sou contra todas as modificações no projeto original de edificações da cidade. Não vejo sentido em descumprí-lo ou modificá-lo apenas para atender a uma demanda específica. A praia de Joatinga e as ruas internas da Barra, próximas à Barrinha, deveriam ser tombadas como sobreviventes ao processo de especulação imobiliária que tomou conta do Rio. Por que não se construir hotéis também em regiões fora do circuito das praias? Muitas regiões, algumas bem próximas aos locais de competição, poderiam receber empreendimentos hoteleiros. Seriam opções mais baratas para atender aos turistas menos abonados após os jogos.
    Portanto, sou contra também a construção do hotel na Av.Rui Barbosa, que, sabe-se bem, não suporta ainda mais tráfego de veículos e pessoas além do que já possui.

    • eliomar coelho disse:

      Caro Roger,

      Foi por conta da apreensão que temos em relação a este projeto que apresentamos uma série de emendas tentando diminuir ou impedir danos a nossa cidade.

      Abs,
      Eliomar

  2. Mario de Lucena disse:

    Sou inteiramente a favor do projeto em tramitação. A praia da Joatinga, assim como as demais áreas englobadas pelo projeto, não podem ser usufruídas por poucos privilegiados, devendo ser aberta a possibilidade de abertura de hóteis e resorts nessas localidades, uma vez que, muitas vezes, seus donos não tem capacidade de honrar o lugar que moram em razão do alto custo de se manter uma mansão nesta área que, infelizmente, tem muitas casas degradadas pelo abandono…

    • eliomar coelho disse:

      Caro Mario,

      Obrigado pela partcipação no blog. É preciso haver muito cautela em se tratando de grandes projetos imobiliários uma vez que podem causar impactos ao meio ambiente e poluição.

      Abs,
      Eliomar

  3. Nelson Santos Pereira disse:

    Caro Vereador,
    por favor, solicite um estudo detalhado e bem fundamentado à CET-RIO da capacidade de tráfego destas regiões e publique os resultados para que todos saibam o quão degradada está a região da Barrinha e o quanto piorará com tais empreendimentos.
    Nesta região há diversas casas de festas e colégios que tornam o tráfego insuportável.
    Porque não lutar pelo PEU do Joá-Barrinha que normatizaria sa construções e posturas do local?

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

*

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>