Blog

Opine: segurança no bonde

Crônica de uma morte anunciada? Falta de manutenção adequada? A morte de um turista francês que despencou do Arcos da Lapa quando se desequilibrou do estribo do bonde trouxe à tona uma série de questões que envolvem o funcionamento do transporte secular.

O fato inédito só reforçou uma realidade diária: ninguém respeita a proibição de viajar em pé nos estribos. Quem frequenta a estação sabe que há duas filas, uma delas é para quem não faz questão de viajar sentado. Enquanto muitos turistas querem mesmo a adrenalina de se equilibrar no bonde, há moradores que preferem o estribo simplesmente para não pagar a passagem.

O Crea fará uma investigação sobre as condições de conservação dos bondes. Uma boa parte do gradil sobre os Arcos está enferrujado e solto o que propiciou a queda do turista francês. Os usuários já manifestaram preocupação sobre o trecho após os Arcos, sobre a Avenida República do Paraguai onde a grade de proteção só encobre as rodas do bonde.

Opine. Você acha o bonde seguro? Você teme mais acidentes sobre os Arcos? De quem é a responsabilidade pelo acidente fatal ocorrido no ultima sexta-feira?

Esta entrada foi publicada em Blog e marcada com a tag , . Adicione o link permanente aos seus favoritos.

3 respostas a Opine: segurança no bonde

  1. Julio Batista disse:

    Acho. Sentado. Deveria ser recomendado (na verdade proibido) as pessoas transitarem em pé. Não é seguro de forma nenhuma. Qualquer um pode cair, basta passar mal, estar desatento ou ser um “aventureiro de primeira viagem”, como devia ser o pobre rapaz francês.
    A culpa é de todos. Da empresa que não assume responsabilidades, da falta de fiscalização de e das pessoas que assumem seus riscos.
    Será que é preciso que uma pessoa morra para que se vejam esses perigos e absurdos? Parece que aqui, sim.
    Abraço,
    Julio

    • Eliomar Coelho disse:

      Caro Julio,

      É lamentável que as autoridades só parem para tomar providências quando há casos fatais. Você observou bem…Se alguém, sentado na borda do bonde que é aberto, passa mal, ou simplesmente dorme e cai, pode ser outra vítima.

      Obrigado por participar do Opine.
      Abs,
      Eliomar

  2. Pingback: CPI das remoções será instalada na Câmara | Eliomar Coelho - PSOL - O vereador do Rio

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

*

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>