Os muros em debate

Na Rocinha, um trecho de apenas 50 metros do muro que está sendo construído pelo Governo do Estado terá 60 cm. No entanto, o restante da construção será de 3 metros de altura. A pequena alteração não reflete uma grande mudança no projeto de cercar as comunidades, proposto pelo Governo do Estado.

A construção de muros vem recebendo muitas críticas tanto dos moradores que terão que conviver com este paredão quanto de grande parte da população que enxerga na iniciativa mais uma forma de segregação. Muitos já se manifestaram contra.

Para discutir a situação das comunidades no Rio de Janeiro e a proposta dos muros, realizarei, na próxima sexta-feira, um debate com a participação de representantes do Conselho Popular e da Pastoral de Favelas. O assunto é polêmico e deve render muita discussão.

Mais do que suscitar o debate, espero que esta reunião ajude a fortalecer o embrião de resistência contra esta medida. Sei que já existem líderes e comunidades reagindo mas é preciso um movimento sólido, com boa representatividade, para conseguir mudar os rumos da política do Governo. Para, de fato, derrubar esta iniciativa.

O debate público será dia 5 de junho, às 10h, no plenário da Câmara Municipal.

Esta entrada foi publicada em Cidade, Meio Ambiente, Urbanismo e marcada com a tag , . Adicione o link permanente aos seus favoritos.

Uma resposta a Os muros em debate

  1. Jamille Medeiros disse:

    Gostaría de saber qual é o projeto que ampara a construção dos muros em comunidades carentes no rio, sou candidata a mestrado da UFF e o tema do meu projeto de mestrado está afeto à sua crítica.
    Grata pela atenção
    Jamille

    • eliomar coelho disse:

      Cara Jamille,

      Não há nenhuma lei ou projeto de lei que ampare isso. Não há amparo legal nem mesmo para os chamados ecolimites. O que existe são as ações e projetos de intervenções da Prefeitura.

      Obrigado pela participação. E vamos manter a comunicação!

      Abs,
      Eliomar

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

*

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>