Notícias

Os pobres do coronavírus

“Em um país com 13 milhões de desempregados, 28 milhões sem trabalho ou no subemprego, como demonstrou o IBGE em 2019, não há esperança de vida digna durante e após a pandemia. São pessoas pobres, em sua maioria negras, que serão submetidas a regras de isolamento e higiene que não cabem no seu orçamento e na sua realidade cotidiana.

O momento nos exige reflexões humanitárias. Muitas dessas pessoas sequer possuem água encanada para beber, como atenderão à recomendação de lavar as mãos constantemente?”

Leia o artigo da companheira Renata Souza na íntegra.

Esta notícia está também no Facebook do Eliomar

Esta entrada foi publicada em cidadania, Cidade, Cultura, Direitos Humanos, Educação, Habitação, Leis e Projetos, Meio Ambiente, Notícias, Orçamento, Politica, Política Nacional, Reflexões Urbanas, Saneamento, Saúde, Sem categoria, Servidores. Adicione o link permanente aos seus favoritos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

*

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>