Notícias

Paquetá merece respeito!

Lamentável a decisão judicial proferida ontem, dia 15, que autorizou a retirada de vários horários na travessia da Praça XV-Paquetá. Nossa equipe acompanhou a audiência e o lindo ato dos moradores em frente ao Fórum.

Os moradores e turistas que visitam a charmosa ilha terão agora muito mais dificuldades de ir e vir, através do único acesso possível que é o transporte aquaviário. Isso tudo por causa da ganância da empresa CCR Barcas que, em consonância com o Governador e a Secretaria de Transportes, fizeram a nova grade de horários, diminuindo em muito a oferta do transporte.

Nos finais de semana, por exemplo, quando a ilha fica lotada de turistas e muitas das vezes com superlotação das embarcações, após o horário das 18:30, a próxima saída para o continente será só às 23:30.

Vamos imaginar que quem deseja voltar na barca das 18:30 não consiga por causa da superlotação. A próxima será só 5 horas depois! Um crime! Sem contar que algumas embarcações são disponibilizadas sem ar-condicionado ou ventilação adequada.

Na Alerj, assim que o recesso terminar, vamos lutar para trazer esse assunto às discussões e elaborar legislações visando devolver aos moradores e turistas um mínimo de dignidade. A nova grade só traz prejuízos econômicos e sociais à população.

Fica cada vez mais claro que a privatização dos meios de transporte não pode ser considerada uma ação necessariamente benéfica. A CCR Barcas há muito já presta um péssimo serviço e ainda quer devolver a concessão, cobrando um valor de mais de R$500 milhões de reais dos cofres públicos.

Esta notícia também está no Facebook do Eliomar

Esta entrada foi publicada em cidadania, Cidade, Cultura, Notícias, Transportes. Adicione o link permanente aos seus favoritos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

*

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>