Notícias

Representação do PSOL/RJ contra dupla função de mostorista

O deputado estadual Marcelo Freixo (PSOL) e o vereador Eliomar Coelho (PSOL) entraram, na tarde desta sexta-feira (23), com uma representação junto ao Ministério Público Estadual e o Ministério Público do Trabalho, pedindo a instauração de inquérito civil (nos termos do art.129 da Constituição Federal), para apurar a dupla função de motorista e cobrador, nos micro-ônibus, que circulam no Rio de Janeiro.

A categoria denominada “motorista júnior” sofre um claro acúmulo de funções, uma vez que ao motorista cabe somente a direção de veículos. A atividade do motorista por si só acarreta riscos e exige atenção máxima do condutor. É importante lembrar que a cobrança de passagens não é inerente à profissão do motorista. O acúmulo de funções pode acarretar risco para ao trabalhador e para a população.

Esta entrada foi publicada em Notícias e marcada com a tag , , . Adicione o link permanente aos seus favoritos.

10 respostas a Representação do PSOL/RJ contra dupla função de mostorista

  1. DEIXO AQUI OS MAIS SINCEROS PARABÉNS PARA NOSSOS IMPORTANTES E NECESSÁRIOS PARLAMENTARES. A LUTA SOBRE A QUESTÃO DO TRANSPORTE SE ENCONTRA NA ORDEM DO DIA. EDUARDO PAES, QUE NÃO MERECE UM SÓ VOTO DO POVO CARIOCA, SACRIFICA A POPULAÇÃO E SÓ BENEFICIA OS EMPRESÁRIOS DE ÔNIBUS. NA ÚLTIMA NEGOCIAÇÃO SALARIAL A CATEGORIA DOS RODOVIÁRIOS, MAIS UMA VEZ, FOI HUMILHADA: O AUMENTO SALARIAL DE APENAS 10 % E A CESTA BÁSICA DE R$ 80,00 PARA R$ 100,00, MOSTRA O TOTAL CONLUIO ENTRE O PREFEITO E OS EMPRESÁRIOS DE ÔNIBUS. VERGONHA.

  2. Boa noite venho por meio desta pagina , demostrar a minha revolta contra a dupla função .Onibus de 38 a 41 lugares estão sendo colocados nas linhas , carros de 11 metros a viação IDEAL está renovando sua frota toda com carros grandes sem cobradores , em linhas q chegam a carregar de 400 a 500 passageiros e o pior motoristas do 1° turno obrigados a dobrar tendo assim cargas de 15 á 16 horas por dia . obrigado pela compreensão .
    fiquem com Deus .

    • Eliomar Coelho disse:

      Caro Thiago,

      É um desrespeito com o usuário e, como bem afirmou Andreia Beckman, um desrespeito com o profissional que conduz os passageiros.

      Vamos trabalhar juntos para acabar com isso!

      Abs,
      Eliomar

  3. Andreia Beckman disse:

    Valeu, Eliomar!! Vamos juntos lutar contra esta mafia poderosa. Lembro-me que o velho Briza (finado Brizola) encampou, la´ na decada de 80, varias empresas de onibus. Moro em Jacarepagua e e´ inesquecivel, porque o transporte era sofrivel. Pessima qualidade. Agora estao alcançando niveis inimaginaveis para o que ja nao era bom, com esta dupla funçao. Desrespeito conosco, desrespeito com o profissional que nos leva e traz saos e salvos. Motorista tem que ter atençao 100% voltada para os seus passageiros e para o transito, o que nao e pouca coisa aqui no RJ. (Desculpe a falta de acentos. Problemas.)

    • Eliomar Coelho disse:

      Cara Andreia,

      Um absurdo total. Dupla função é inadmissível! Vamos trabalhar com afinco para tentar impedir que isso continue a acontecer.

      Abs,
      Eliomar

  4. Fernanda Martins Sanromã Marques disse:

    Me lembro ateh hj do 606 q naum parou no ponto pra eu descer pq disse q eu naum tinha pago a passagem! É claro ele naum viu q eu passei o cartão, ele tava dirigindo! Depois de mandar ele parar na frente da delegacia ele me deixou descer, mas três pontos depois do lugar pra onde eu ia!

    • Eliomar Coelho disse:

      Cara Fernanda,

      Esta situação é muito preocupante pelo risco que representa para usuários e população em geral. Por isso, tentamos barrar a dupla função do motorista que, definitivamente, não pode atuar também como cobrador.

      Abs,
      Eliomar

  5. Flavio Ramos de Azevedo disse:

    Sou totalmente a favor desta representação. Já era antes mesmo de saber de sua existência. Já está na hora de acabar com este absurdo.
    Além dos claros riscos de acidentes que este acúmulo de funções proporciona, os donos das empresas de ônibus têm retirado de circulação os antigos ônibus grandes, com capacidade para 50 pessoas sentadas para botar ônibus menores, que permitem a existência da função dupla para o motorista. Desta maneira reduziu-se a capacidade total de diversas linhas, reduzindo, também o conforto dos passageiros, que são obrigados a se apertar em carros minúsculos.
    O acúmulo de funções também gera um enorme atraso à viagem, pois o motorista é obrigado a ficar mais tempo parado no ponto de ônibus para trocar o dinheiro de todos que entram antes de dar a saída.
    O mais incrível é que toda esta deterioração dos serviços de transporte está sendo feita simplesmente para economizar um salário de miséria que os empresários sempre pagaram aos cobradores. Se pensarmos que um cobrador ganharia algo em torno de R$800 ao mês para realizar 8 viagens por dia em 22 dias úteis, sendo 300 passageiros transportados por viagem, o impacto do salário deste no valor de cada passagem é de apenas 1 centavo!

    Eliomar, você tem todo o meu apoio nesta iniciativa.
    Saudações

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

*

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>