Notícias

Pela defesa do Fundeb

Quem defende a educação pública do Brasil precisa defender o Fundeb. Quase metade do dinheiro que sustenta a educação pública no país vêm deste fundo, que é composto por verbas de municípios e estados, complementado pela União. Só que este mecanismo essencial acaba em 2020 e precisa ser renovado com urgência.

Sem o Fundeb vai faltar verba para complementar salário de professores em lugares que não atingem o piso da profissão (atualmente R$ 2.557,74); para a aquisição de materiais escolares, livros didáticos, carteiras, projetores, etc.; para o funcionamento das unidades, custeio de luz, água, gás; para reformas e melhorias da estrutura física das escolas, creches e construção de novas unidades; para a formação de professores e a remuneração de trabalhadores da educação (porteiros, merendeiras, inspetoras, coordenadores).

Não há escola pública sem esse fundo. Por isso precisamos lutar #TodosPeloNovoFundeb.

Vamos juntos em defesa da educação pública, gratuita e de qualidade!

Leia mais

Esta entrada foi publicada em Educação, Notícias. Adicione o link permanente aos seus favoritos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

*

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>