Rio - 7 de dezembro de 2016

PMDB de Pezão perdeu a noção

Enquanto uma quantidade inacreditável de bombas explodia em cima da população nesta terça-feira (6/12) nas imediações da Alerj, o partido de Pezão, no Plenário, armava uma saída para manter supersalários de secretários como Wagner Victer, da Educação, e Gustavo Barbosa, da Fazenda, cedidos pela Caixa Econômica Federal e pela Petrobras, respectivamente. Leia mais

Aluguel Social continua

Conseguimos aprovar no plenário da Alerj o projeto de lei que garantiu a continuação do Aluguel Social. O programa beneficia 9.640 famílias pobres que viviam em áreas de riscos de 15 municípios fluminenses e foram removidas para locais seguros. Leia mais

Não ao fechamento de escolas! 

Nosso mandato, juntamente com o do companheiro Flavio Serafini, entrou com representação no Ministério Público e ofício à Defensoria Pública, na última sexta-feira (2/11). O objetivo é suspender o fechamento de escolas no Rio de Janeiro pelo governo Pezão. Nesta segunda (5/12), estivemos em uma escola de São Gonçalo que corre risco se ser fechada. Leia mais

Pela volta de audiências públicas na Educação

Não podemos discutir o fechamento de escolas com a ausência de pais, alunos e profissionais da Educação, como o que ocorreu na audiência pública da Comissão de Educação da Alerj do dia 30 de novembro, totalmente esvaziada. Leia mais

RIO ANTIGO

Pedestres atravessam a rua na frente de um bonde no Largo dos Leões, que faz a conexão entre a Rua São Clemente, em Botafogo, com a Rua Humaitá. Pequena área residencial, ali acabou se instalando a Cobal, que oferece um comércio variado.  Viaje no tempo