Notícias

Política baseada no oportunismo

Apesar de serem lados diferentes da mesma moeda, Witzel e Bolsonaro se tornaram rivais. Enquanto Witzel atacava o presidente por sua incompetência administrativa, Bolsonaro chegava até a ofender o governador com palavras chulas, já dando quase como certa a prisão dele. A culpa disso era uma possível candidatura do ex-juiz à presidência em 2022.

Agora que está com a corda no pescoço, Witzel tenta se reaproximar de Bolsonaro. Faz isso para tentar se livrar das acusações de corrupção em sua administração, chegando até a dar a entender quer irá mudar tudo que vinha fazendo para conter a pandemia. O objetivo é claro: se aproximar da política adotada pelo governo federal.

Ambos se merecem, por representar o atraso, a politicagem barata e aos acordões da velha política, que sempre condenavam, mas que não passava de hipocrisia pura.

Esta notícia está também no Facebook do Eliomar

Esta entrada foi publicada em Notícias, Politica, Política Nacional, Saneamento, Saúde. Adicione o link permanente aos seus favoritos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

*

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>