Rio - 20 de fevereiro de 2013

Por que a Ambev?

Entre os contratos firmados pela prefeitura para a produção do Carnaval em 2013 chama atenção a licitação para a organização da folia nas ruas, vencida pela empresa Dream Factory – que tem a Ambev como patrocinadora. O mandato Eliomar Coelho descobriu que a empresa doou R$ 347 mil à campanha de Eduardo Paes nas eleições do ano passado. Eliomar pedirá, ao Tribunal de Contas do Município, uma inspeção extraordinária nos contratos firmados pela prefeitura para a realização da festa momesca na cidade.

Inclusão com qualidade agora é lei!
Foi sancionada, pelo prefeito, a Lei 5554/2013 que cria diretrizes para a inclusão educacional de alunos com deficiência, transtornos globais de desenvolvimento e superdotação. Eliomar Coelho é co-autor da lei que incorporou boa parte da proposta inicial apresentada pelo mandato em 2011 visando garantir um processo de inclusão adequado com segurança e qualidade. Na época, o parlamentar foi procurado por pais de alunos com deficiência preocupados com a extinção gradativa das turmas especiais na rede municipal do Rio. A lei estabelece a instituição da Educação Inclusiva na rede sem prejuízo das escolas especiais ou classes especiais, que devem ser mantidas para alunos que não possam ser adequadamente atendidos em turmas comuns ou escolas regulares. Saiba mais

Vamos tombar o Museu do Índio?
O vereador Eliomar Coelho é co-autor de um projeto de lei que propõe o tombamento, por seu valor arquitetônico, histórico e cultural, do antigo Museu do Índio que abriga a Aldeia Maracanã, onde vivem cerca de 60 índios. A proposta determina que o prédio terá uso exclusivo da cultura indígena. O governo alegava que precisava demolir o imóvel para melhorar o escoamento do público em torno do Maracanã, exigência negada pela própria Fifa. Agora, fala em criar ali um Museu Olímpico. “Desde 2006, índigenas de diversas etnias ocupam o prédio com o sonho de criar o Centro Nacional de Referência da Cultura Indígena. O local tornou-se encontro dos moradores do Rio de Janeiro e seus visitantes com as raízes do povo brasileiro”, afirmou Chico Alencar, em pronunciamento sobre a luta da Aldeia Maracanã.

Golfe para quem?

Um protesto “politico-cultural” contra a construção do campo de golfe na Praia da Reserva está marcado para o próximo sábado 23/02, às 14h, em frente ao BRT Golfe Olímpico. Por que construir em Área de Proteção Ambiental quando o Itanhangá Golfe Clube ofereceu seu campo e se comprometeu a fazer as alterações necessárias para os Jogos Olímpicos? A manutenção deste tipo de equipamento custa R$ 700 mil. Quem vai pagar esta conta? O movimento contra a devastação da APA Marapendi defende que a área seja totalmente incorporada ao Parque Natural de Marapendi, para fins de lazer e pesquisa, garantindo a preservação das espécies animais e vegetais que vivem naquele ecossistema.
Dia: sábado, 23/2
Hora: 14h
Concentração: BRT Golfe Olímpico, na Av. das Américas, km 10

O Psol e a cidade

“As cidades funcionam assim. Vão crescendo e quando encontram um rio não dão muita bola. Passam por cima e continuam crescendo. Quem tem dinheiro, fica no centro e quem não tem fica na periferia. Pode até parecer que a cidade cresce sem planejamento, mas ela é desenhada pelo mercado imobiliário.”. Veja o depoimento completo de Eliomar no programa do PSOL que foi exibido na TV.

Barrar a insensatez
Léo Lince
“O crime, infelizmente, foi consumado. Sobre o sentido geral do acontecido, parece não pairar a menor sombra de dúvida. Na opinião pública e até mesmo na opinião publicada. Está estampado, Brasil afora, nos jornais e revistas das mais variadas procedências e tamanhos.” Leia o artigo na íntegra

Serpentina de Ouro é dos Escravos

Pela segunda vez, em três edições, o Bloco Escravos da Mauá recebeu o prêmio Serpentina de Ouro de melhor bloco carnavalesco. Fundado há 21 anos, o bloco resolveu inovar o percurso esse ano e, partindo da Rua Sacadura Cabral, rumou Zona Portuária adentro, mostrando e resgatando pontos históricos e culturais da região. No momento em que o projeto Porto Maravilha impõe mudanças polêmicas, os Escravos exaltam a memória dos moradores e grupos de cultura popular da Zona Portuária. No próximo domingo, os adeptos comemoram a partir das 17h, no Largo de São Francisco da Prainha. O Fabuloso Grupo Eu Canto Samba promete uma roda de samba para animar ainda mais a festa.

RIO ANTIGO
Em seu 49º Carnaval, a Banda de Ipanema já foi um dos maiores blocos nas ruas do Rio. No registro, feito em 78, aparecem João Nogueira e Beth Carvalho. Hoje perde em número de foliões para agremiações como Orquestra Voadora e o Cordão da Bola Preta. Viaje no tempo.