Notícias

Por uma Cedae pública

A sanha privatista não está nem aí para as pessoas, e aproveita qualquer momento, por mais dramático que seja, como o que estamos vivendo, para atingir aquilo que a move: o lucro, custe o que custar.

Witzel, quando candidato, dizia de forma clara que era contra a privatização da Cedae. Eleito governador, continuou afirmando ser contra e, de uma hora para outra, mudou de ideia. Debaixo desse angu tem muito caroço. E caroço gordo, como revela matéria de hoje do Blog do Berta.

A politização da Cedae foi um dos principais fatores da maior crise de abastecimento de água da história do Rio de Janeiro. Aliás, problema que ainda não foi resolvido. E que foi agravado com a demissão de 54 funcionários concursados da Cedae, a maioria engenheiros com tempo de casa de 20 a 40 anos. Alguns deles, cuidavam exatamente do controle da água. Para minimizar os problemas que a estatal enfrenta, demos entrada em um projeto de lei para que a Ceade invista parte de seus lucros na Bacia Hidrográfica do Guandu. Somente no ano passado, a empresa deu R$ 1 bilhão de lucro!

Por uma Cedae pública! A Cedae é da população do Rio de Janeiro.

Leia mais

Esta notícia está também no Facebook do Eliomar

Esta entrada foi publicada em Cidade, Notícias, Plano Diretor, Politica, Saneamento, Saúde, Servidores. Adicione o link permanente aos seus favoritos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

*

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>