Notícias

Propostas do PSOL para proteger trabalhadores mais vulneráveis

A bancada do PSOL na Câmara dos Deputados protocolou esta semana um projeto de lei para proteger trabalhadores e trabalhadoras mais vulneráveis no mercado de trabalho, especialmente os informais, neste cenário atual de pandemia do novo coronavírus.

A proposta é criar um programa de renda básica emergencial, ampliar o prazo de recebimento do seguro-desemprego, tabelar preços dos equipamentos de proteção individual e dos utilizados para o controle da transmissão da Covid-19.

O programa de renda básica emergencial cria um benefício mensal no valor de um salário mínimo pelo tempo necessário para superar a crise e a extensão do seguro desemprego até o fim dos efeitos da crise. Integrarão o programa as famílias em situação de vulnerabilidade social.

O PL 698/2020 também propõe a isenção das cobranças de contas de serviços essenciais no país, incluindo luz e água, durante três meses, para as famílias de baixa renda. Após o período, permanecendo os efeitos da pandemia, os débitos acumulados pelos consumidores de baixa renda serão parcelados, automaticamente, em 36 meses, sem multa, juros e correção monetária. O projeto também suspende mandados de reintegração de posse, imissão na posse, despejos e remoções judiciais ou extra-judiciais – exceto em casos de risco de vida.

Para conhecer as propostas do PSOL, basta clicar aqui

Esta notícia está também no Facebook do Eliomar

Esta entrada foi publicada em Cultura, Direitos Humanos, Educação, Habitação, Leis e Projetos, Meio Ambiente, Notícias, Orçamento, Política Nacional, Saneamento, Saúde, Servidores, Transportes. Adicione o link permanente aos seus favoritos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

*

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>